Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaqui
8 de abril de 2018
Por José Renato Forner

de tanto mar
a poça
de tanta estrela
a lâmpada
de tanta terra
a ampulheta



de tanto choro
uma lágrima
mínima água
respiro de olhos
que borrifa uma emoção
quase erguendo uma bandeira:
"eu, ainda humano?"

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Amigos se reúnem em domingão de Copa

Ruas desertas na hora do jogo do Brasil, mas uma galera na Pirapora foi exceção barulhenta

Blocos de Carnaval agitam feijoadas em agosto

Kakerê faz a sua no feriado do dia 15 no Natura e Chupa que é de Uva agita dia 20, no Casa Cica

Como sobreviver? É preciso ajuda da sociedade

Por Verci Bútalo, presidente do Grendacc

Há dez anos jundiaiense foi vítima do maior acidente aéreo do Brasil

Em 17 de julho de 2007, o país chorou pela morte de 199 pessoas, entre elas a de Rodrigo Benachio
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.