Jundiaqui
Jundiaqui

DIA DA MULHER \ Carla Candiotto é arte pulsante nos palcos

Jundiaqui
8 de março de 2018
Jundiaiense é atriz, diretora, autora e produtora teatral com a Cia. Le Plat du Jour

Clássicos infantis com humor são a marca de Carla Candiotto, que antes de se aventurar pelo circo e pelo teatro foi jogadora de vôlei - inclusive ao lado da musa Vera Mossa.

Ela nasceu em Jundiaí, em 1963, e ganhou o mundo. Tem trabalhos na TV e no cinema, embora seja no palco que se realiza, como atriz e diretora.

Carla, de 54 anos e 1,73 m de altura, iniciou sua formação teatral na Europa, onde viveu por 10 anos - três na Inglaterra, quatro na França e mais três na Inglaterra, onde namorava um mágico e serviu como sua assistente - até ser cortada ao meio já foi.

Estudou teatro em Paris, na Ecole Internationale Phillippe Gaullier e no Théâtre du Soleil. Em Londres, estudou na Desmond Jones School of Mime. Na Itália estudou Commedia Dell'arte. Com os italianos foi ainda animadora de cruzeiros.

Atuou e dirigiu espetáculos em diversos países da Europa, além de China e Austrália. No Brasil, é co-fundadora e co-diretora da Cia. Le Plat du Jour, com a qual realizou dezenas de ótimos espetáculos, sucessos de público e critica.

Dirigiu também companhias de teatro como La Mínima, Circo Mínimo, Parlapatões, Pia Fraus, Cia Delas, Cia Solas de Vento, Teatro Imprensa e Circo Amarillo, entre outras. Foi diretora convidada da Escola da Artes Dramáticas da USP (EAD) e da Escola de Teatro Célia Helena.

Ao longo de sua carreira recebeu diversos prêmios, sendo cinco APCA e oito Prêmio São Paulo de Teatro Infantil e Jovem (antigo Coca-Cola Femsa) de melhor atriz, melhor texto, melhor direção e melhor espetáculo, assim como o Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2015, na categoria Arte para Crianças.Há mais de 20 anos trabalhando com crianças, Carla enxerga na comédia uma das melhores formas de se conectar com o público: "O riso é o caminho mais curto entre duas pessoas. Cria uma cumplicidade muito grande", diz essa homenageada neste Dia Internacional da Mulher pelo JundiAqui.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Alimentação ou fome?

Pelo chef Manuel Alves Filho

Natal do Centro é mágico aos olhos da criançada

ACE e CDL se unem para alegrar a temporada de compras de milhares de jundiaienses

“Meu Pai Foi Ferroviário” tem histórias de portugueses agora

Lançamento da nona edição será em Portugal no dia 9 de junho no Museu Nacional Ferroviário, no Entroncamento

Parque da Cidade vai até 20 horas e Corrupira segue fechado

Horário de Verão estica funcionamento de um e temor da febre amarela atrapalha o outro
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.