Jundiaqui
Jundiaqui

Fábio Zanon faz planos de lançar dois CDs por ano

Jundiaqui
19 de julho de 2018
Violonista jundiaiense lança nas próximas semanas o álbum que diz ser o mais leve que fez na vida

Diretor artístico do Festival de Inverno de Campos do Jordão, que vai até 30 de julho em sua 49ª edição, o violonista jundiaiense Fábio Zanon anuncia que irá lançar dois CDs por ano a partir de agora. Já tem o primeiro gravado e planeja muitos mais.

O fenômeno da música que nasceu na Ponte São João e mora em São Paulo, tem oito discos gravados e venceu os maiores prêmios internacionais do violão clássico, tendo feito mestrado na Royal Academy of Music em Londres, onde é professor visitante. Como solista ou camerista, se apresenta por todo o mundo, como no Carnegie Hall, em Nova York. Já fez turnê até pela Rússia.

Graças a uma parceria com a gravadora GuitarCoop, ele gravou este ano o álbum mais leve que fez na vida, "Miniaturas das Américas", coleção de músicas de cada país, entre eles Estados Unidos, El Salvador e Haiti, além de nossos vizinhos e do Brasil também. Deve sair em agosto.

Logo a seguir, ele irá gravar "Os Doze Estudos para Violão" de Francisco Mignone. E a série espanhola continua em 2019, com música contemporânea. Fazer um CD com os ingleses é um plano bastante antigo e que ano que vem pode se tornar realidade também.

Fábio Zanon se prepara ainda para se apresentar com Francis Hime pelo Brasil. Hime fez uma redução para violão e piano de seu concerto e a dupla o gravou com a Osesp, obra tocada no Kuwait no começo de abril deste ano.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

O guardião da história das duas e das quatro rodas

Conheça a história do jundiaiense José Burche, dono de motos e carros que são verdadeiras raridades

E a ursinha Marsha, calorenta, não virá mais para Jundiaí

Decisão de trazê-la para cá foi suspensa e ela segue em zoo do Piauí

Vodka Kadov pra animar o aniversário do JundiAqui terça

CRS Brands vai receber os convidados da festa no Casa Cica com um brinde. Viva!

Morre Eloísa Mafalda, a jundiaiense mais famosa da história da TV

Ela foi Dona Pombinha e fez mais outros 40 personagens em novelas. Tinha 93 anos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.