Jundiaqui
Jundiaqui

Gabriel Pessoto leva arte ‘interiorana’ de Jundiaí à galeria paulistana

Jundiaqui
14 de junho de 2019
Mostra parte de pontos da memória onde o afeto veio em primeiro lugar para três artistas

Uma exposição coletiva relembra raízes interioranas dos artistas visuais Gabriel Pessoto de Jundiaí, Jorge Morabito de Araraquara e Victor Grizzo, de Jaú. "Percurso da Memória" tem abertiura neste sábado (15), na Lona Galeria, em São Paulo.

Com curadoria de Duilio Ferronato, a exposição retoma o universo dos três artistas que têm em comum a origem em cidades do interior, com histórias de avós, tias e de todo mundo ao redor. Num tempo onde a memória parece estar sendo esquecida ou deturpada, a arte contemporânea pode (re) significá-la com uma porção de afeto, sarcasmo e apuro.

Gabriel Pessoto nasceu em 1993 aqui e vive e trabalha em São Paulo, tendo cursado Produção Audiovisual e iniciado curso de Artes Visuais em Porto Alegre. A partir de 2015, passou a expor trabalhos em exposições coletivas e foi contemplado pelo edital da prefeitura de Porto Alegre para ocupar Galeria Lunara, onde montou a instalação “Glória” em parceria com Filipe Rossato, indicada ao Prêmio Açorianos de Artes Visuais na categoria Destaque em Novas Mídias.

Em 2016, apresentou a exposição “Trégua”, primeira experiência individual e desenvolveu o projeto de residência artística “Variações sôbre contato: vistas” na Casa13, espaço cultural em Córdoba, Argentina.

Em 2017, passou a viver São Paulo, onde frequenta o grupo de acompanhamento de projetos do Hermes Artes Visuais, com Nino Cais, Carla Chaim e Marcelo Amorim.

Em 2018, realizou sua primeira exposição individual em São Paulo, “um pouco por dia já é muito” no centro cultural independente Casa da Luz.

Chega agora à Lona Galeria à rua Brigadeiro Galvão, 990, Barra Funda, com visitação gratuita até 27 de julho.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

200 mil contos de réis para o terreno do quartel

Por Vivaldo José Breternitz

Luiz Fernando Machado escreve: São Vicente, orgulho e patrimônio de Jundiaí

Projeto “Acolha um Quarto, Conforte Vidas” já entregou 21 novos quartos dos 72 a serem revitalizados no hospital

Sesc se abre para a (Re)Existência do Povo Negro

Tem shows como o do Young Mbazo, oficinas, vivências, intervenção e contação de histórias

“O Encontro” de Heloisa Sandoval Gregori tem mostra em Campinas

Obra fala do entrosamento entre pedra e água e o movimento que esse encontro produz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.