Jundiaqui
Jundiaqui

Invenção e figuração de Vinicius Pellegrino

Jundiaqui
21 de agosto de 2018
Galeria do Polytheama recebe a mostra  “Genealogia da Arquitetura” até 30 de setembro

Com abertura na noite desta quarta-feria (22), a Galeria de Arte Fernanda Perracini Milani abriga a exposição “Genealogia da Arquitetura”, do artista e arquiteto Vinicius Pellegrino.

No Ocidente, principalmente até o século XIX, a imagem esteve atrelada ao seu caráter utilitário e narrativo, sendo um meio eficaz de transmitir ensinamentos ou recriar versões do passado. As belas artes se encarregaram de criar no imaginário coletivo conjuntos de signos e narrativas históricas tidas como canônicas, modelos que com o passar dos séculos deixaram de ser questionados. Os desenhos escolhidos para a exposição falam sobre esses questionamentos que deixamos passar.

Até que ponto aceitamos a arte figurativa como verdadeira? Até que ponto a paisagem histórica que se apresenta diante de mim é autêntica? Afinal, a arte figurativa já não é mais uma mera janela que se abre para o mundo, mas uma janela que se abre para a mente do autor que a inventou.? A invenção é a palavra de ordem na figuração, segundo Pellegrino.

A mostra tem dois eixos, um com 60 desenhos figurativos e que traz uma linha cronológica da História da Arquitetura, traçando, com uma narrativa ilusória, um paralelo entre as tendências culturais antes da influência da globalização e demonstrando traços distintos das expressões orientais e ocidentais clássicas. Já num segundo eixo, mais experimental, outras dez peças também figurativas e com elementos como madeiras, caixas, arames, metais e pisos exploram a materialidade e as ligações entre sentimentos e arquitetura, através de seus princípios de ritmo, composição e leveza.

“O objetivo principal da exposição é debater até que ponto o observador se deixa seduzir pela imagem sem questionar a autenticidade histórica que se esconde por trás da pretensa capa figurativa”, diz.

No vernissage a partir das 19 horas, será promovida uma visita guiada do artista pelas obras. Pellegrino também vai fazer um desenho a caneta em um painel da galeria. A mostra fica em cartaz até 30 de setembro.

Rua Barão de Jundiaí-176. Centro. De terça a sexta-feira das 9h às 12h e das 13h às 17h e aos sábados, das 9h às 13h. A entrada é franca.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Hospital do Grendacc agora é assunto pra Michel Temer

Quem garante é o deputado federal Miguel Haddad, que anunciou ter agendado reunião com o presidente

O Circo

Dr. Didi mostra que os palhaços somos nós, porque os políticos estão rindo à toa

A seleção de Tite está definida faz tempo

Por Marcel Capretz

Pizzaria vira passarela para Refogado abrir Carnaval 2018

Com casa cheia e som puxado por Tom Nando, a quinta foi uma festa das mais animadas
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.