Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaí ganha uma nova escritora de 80 anos de idade

Jundiaqui
14 de março de 2019
Memórias viram livro de Lúcia Nasser, que terá lançamento no Celmi terça

A valorização da vivência ao longo de 80 anos é o foco de "Minhas Memórias", livro que tem lançamento e autógrafos por Lúcia Nasser na terça-feira (19) às 15 horas no Celmi. Surgido a partir da “oficina de memória” que existe na grade de cursos da instituição criada em 2000, reúne crônicas saborosas.

Nascida em Santos mas desde cedo com família própria em Jundiaí, onde casou-se com o engenheiro Romão Nasser (patrono do pontilhão sobre a avenida 9 de Julho e irmão do radialista Daniel Paulo), Lúcia é mãe de músicos, comerciantes e técnicos da cidade como Paulo, Jony, Marcola e Gustavo.

“O presente, para ter futuro, precisa das raízes do passado. Até para projetar uma cidade adiante precisa dessas referências”, comenta.

O livro começa obviamente pela infância onde tanto em Santos como em Jundiaí as crianças treinavam a liberdade e a amizade na rua. “Tinha uma praça enorme onde todas se encontravam. Muito difícil dizer qual a brincadeira mais engraçada, eram tantas”.

Entre lembranças de juventude ou de família nas décadas posteriores, as crianças estão sempre presentes – a autora teve longo trajeto na educação, onde atuou com uma escola. E também com muitas passagens pela vida do centro da cidade.

“Era uma tarefa de curso, mas não consegui parar. Foram dois anos e meio formando as anotações”, explica. A professora Elaine Matias foi convidada para fazer o prefácio do livro.

As atividades do Celmi, como em núcleos parceiros como Instituto Envelhecer, Associação de Preservação da Memória da Companhia Paulista ou Celeti, miram a saúde individual no envelhecimento e a importância da memória social para todas as gerações. Mas Lúcia avança ainda mais no tema.

“Em grupo se trocam histórias incríveis que refletem a diversidade do mundo. São várias origens, cores e trajetórias que formam uma grande riqueza nessa união”, diz.

O livro, editado pela In House, tem parte da renda destinada ao apoio do projeto Adote Um Aluno (da ABCJ).

O local do lançamento é o Celmi, com entrada no portão da Fumas na avenida União dos Ferroviários, 2.100, Barreira.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nova Opção tem convites para a Feijoada dos Pais neste sábado

Loja de Rosana Camargo é ponto de vendas para a festa do dia 11 no Casa Cica

Carlos Zaik espalha a semente do cinema entre os jovens

Ele comanda o projeto “Câmera na Mão” em Jundiaí, selecionado pelo Proac

O idoso, o meio ambiente e o ambiente do meio

Eusébio dos Santos lembra que idoso não tem que pensar em preservar o Planeta só para os netos, mas também para si próprio

Um olho na tela e outro na cidade

Quarta edição da Semana do Audiovisual Livre começa nesta terça-feira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.