Jundiaqui
Jundiaqui

Maitê Proença explora os desejos femininos em Jundiaí

Jundiaqui
1 de agosto de 2018
Atriz vem com o monólogo "A Mulher de Bath", com exibições sábado e domingo

Maitê Proença se apresenta no Sesc com um monólogo baseado em texto do século 14 e com uma personagem com um discurso feminista muito verdadeiro e atual.

No palco, em "A Mulher de Bath", conto do britânico Geoffrey Chaucer, Maitê faz as vezes de Alice uma figura que condena o celibato e preza os prazeres femininos, já tendo passado por cinco matrimônios - com todos os maridos mortos - e na busca seu sexto (tanto que anuncia em determinado momento que "melhor o casamento do que queimar por dentro").

Ela vai narrando sua trajetória desde a adolescência e de que forma foi administrando seus prazeres e adquirindo poder e soberania dos maridos. O final traz uma história dos tempos do rei Arthur, quando um estuprador é condenado à morte, mas terá clemência da rainha caso complete uma viagem pelo mundo e compreenda as mulheres e seus desejos.

Maitê é acompanhada do músico Alessandro Persan, no canto do cenário.

As apresentações acontecem no sábado (4) às 19h e no domingo (5), às 18h. Ingressos: R$ 17,00 (inteira).

É na avenida Antonio Frederico Ozanan, 6.600, Jardim Botânico.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Dia da maldade

Pelo chef Manuel Alves Filho

Sentimento de dever cumprido, com respeito às tradições e renovação

Lucinha faz balanço dos quatro anos em que ficou à frente do Clube da Lady

Pego de surpresa, Paulista tenta evitar leilão de estádio

Justiça do Trabalho de Campinas abre ofertas para Jayme Cintra

Pichadores continuam a desafiar a lei. Agora foi no monumento de Inos

Uma da bolas coloridas que formam a obra do mestre ítalo-jundiaiense em frente ao Parque da Uva foi pichada
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.