Jundiaqui
Jundiaqui

Natureza sinuosa

Jundiaqui
19 de janeiro de 2020
Por Valquíria Malagoli

Apaguei inteirinho o texto que acabara de redigir. Só restou o título que nada mais tem a ver com ideia original, ora transformada. Transtornada. Transtornadas. A ideia e eu. Ou a ideia ou eu?

Eu com certeza. Já da ideia em si não posso afirmar. Está perdida. Não se perdeu, todavia; fui eu quem a perdi. A perdida, pois, sou eu.

Vai ver ela vai muito bem, obrigada. E o transtorno está só em mim.

Mas, do título... que (p)resumia a ideia toda, eu gostei. Tanto que o mantive e é tudo que tenho. Além destas linhas ocas sustentadas no vão da origem deste universo em prosa. Sem verso. Papo-furado. Talvez até gostosinho de ler por ser tão despretensioso.

Bobo? Bobo não. Despretenso embora tenso o bastante para manter o fio da meada tensionado.

O fio que conduz o quê? Ah, sim, claro, a ideia. Que, por sinal, era qual mesmo?

Nem sinal da “dita-cuja”... o que me lembra o poema antigo no qual eu depositei grande expectativa. Porém, expectar não é expectorar. A mor palavra às vezes engasga.

“Palavra é pepita
À exceção desta!
Quem ma dita
Esta palavra erguida à testa
Palafita funesta
Voz maldita
(a que me resta)?

Que gastura
Ó língua dura!
Quanto me custa
Este adereço
Quando se me incrusta
Um verso avesso
Caro é o preço
Caro é o preço
Ai, que endereço...
Pra onde me arremesso
Verso adverso?

Há de haver verso?

Quem ma dita
Esta palavra indigesta
Posta à boca
Como em fresta?
Ela crepita
Brasa
Fogo
É acaso jogo?”...

Eu continuaria, contudo, eu disse que isso aqui era prosa.

Deixo então o poema velhinho e extenso lá no berço que se tornou túmulo.

Deixo-o lá. E eu vou cá: título, texto e versos corrompidos.

E tenho dito. Neste caso, sem dizê-lo.

Valquíria Malagoli é poetisa e escritora

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Folclórico Nasser Mohamad traz dança árabe no domingo

Parque da Uva também recebe atrações musicais e sarau de poesias

persistência

por José Renato Forner

Memórias Póstumas de Dick Tracy

Por Lucinha Andrade Gomes

Jundiaiense faz planos de voltar a apresentar “Jornal Nacional” este ano

Em novembro, Giovanni Spinucci foi o escolhido pelo Maranhão para os festejos de 50 anos do noticiário da Globo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.