Jundiaqui
Jundiaqui

Tem jundiaiense feliz com tragédia portuguesa

Jundiaqui
23 de agosto de 2019
 

História de um assassinato escrita pela professora Ignez de Castro vem aí nos quadrinhos

José Arnaldo de Oliveira

Tem uma artista jundiaiense envolvida com uma trágica história de amor ocorrida na Portugal do século 14 – antes mesmo do “descobrimento” do Brasil dos povos nativos pelos portugueses. É a professora Ignez de Castro.



Sua mãe escolheu seu nome inspirada por essa história medieval. “Agora ela está quadrinizada pelo Marcatti e devidamente contextualizada em sua época por Libânia Molina de Souza”, comemora.

O livro independente chega em breve. Foi viabilizado em R$ 20 mil no site colaborativo Catarse, acima da meta de R$ 15 mil, por 270 apoiadores.

De acordo com os autores, um intenso romance há 650 anos entre Inês e Pedro gerou quatro filhos, mas foi interrompido pelo brutal assassinato de Inês de Castro com o consentimento do pai dele, o então rei de Portugal, Afonso IV. Da tragédia, explode uma guerra civil e com a morte do rei, o filho assume o trono e põe em curso a implacável vingança contra os assassinos de sua amada.

Além disso, e como símbolo de seu amor imortal, Inês de Castro é declarada rainha com uma emblemática cerimônia de coroação de seu cadáver. A história, cinematográfica, tem nos quadrinhos o contexto social, econômico e político da época medieval portuguesa. Tudo em uma grandiosa e apaixonada história que continua viva no imaginário popular.

Ignez é também, com o nome artístico de Dadí, autora de quadrinhos como a série “Bichos do Mata”, do registro da luta dos anos oitenta em defesa da Ponte Torta em “O Grande Desaponte” e na “Revista Japy”.



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Os inconfidentes

Por Guaraci Alvarenga

Panna Cotta de café com biscoitos de canela

Pelo chef Paulo de Luna

Jundiaí dá uma luz para empresas que querem “criar o futuro”

“Café Tecnológico” na quarta terá lançamento de concurso para startups

Fábio Carille irreconhecível

Por Marcel Capretz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.