Jundiaqui
Jundiaqui

Uma experiência marcante

Jundiaqui
25 de dezembro de 2018
"Rubro-27, Ensaio Transitório para um Desejo Permanente" promove ocupação artística do Complexo Fepasa


O experimento é uma releitura da obra "Um bonde chamado desejo" escrito por Tennessee Williams, em 1947, realizada como parte da comemoração do aniversário de Jundiaí e dos 27 anos  da Cia. Paulista de Artes.

Forte. Impactante e atual, revela o lado obscuro do feminino e do masculino em uma sociedade em que as relações de poder e submissão levam a dor, ao sofrimento, aos desejos inconscientes e aprisionantes.

Stella, uma das protagonistas, vive uma relação conturbada e violenta com Stanley, desvelada por sua irmã Blanche, uma mulher com um passado desesperado pela experiência de amor e morte.

Blanche descortina a relação doentia na qual Stella se aprisiona.

Com 5 estações, o público acompanhou a peça caminhando em diferentes espaços do complexo Fepasa, em um mix de sensações marcado pelo cenário espetacular que o próprio ambiente da antiga estação oferece.

Caminhando de estação em estação, deparávamos com atores e bailarinos que encenavam a trágica experiência de relações abusivas e violentas contra a mulher, onde o sexo, a agressividade e a morte se batem violentamente no fim e a liberdade feminina encontra seu lugar de existência, abençoada por uma chuva e uma música executada por uma mulher sentada na janela do centenário prédio.

Daquelas experiências que duram na mente por dias seguidos.

Veja as fotos:

Fotos: Edu Cerioni
Jundiaqui
Você vai
gostar de

A tradição da magia natalina de dona Ignezinha

José Arnaldo de Oliveira conta sobre o presépio dessa grande foliã do Carnaval 

Refogado do Sandi põe o bloco na avenida para torcer

Festa em verde e amarelo no Las Muchachas atrai muitos foliões, pena que time de Time desafinou no final

Pra curtir a véspera do feriadão na balada

O som forte de Jorge Ben chega na animação de Mil Taroba e companheiros

Kahal é Jundiaí no “Domingão do Faustão”

Dançarinos disputam prêmio de R$ 100 mil no quadro “Dança de Grupo”
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.