Jundiaqui
Jundiaqui

Valeu só pela garra

Jundiaqui
11 de fevereiro de 2018
Escolas do acesso saem juntas e espera pelas grandes levou horas no desfile

Edu Cerioni

O desfile das escolas de samba de Jundiaí valeu pelo esforço de diretorias e a garra dos passistas, mas foi só. Sem arquibancada e com iluminação precária em um pedaço de difícil acesso da avenida União dos Ferroviários, se arrastou - já começou atrasado (era para ser 20 horas do sábado, 10) e a última a desfilar passou quando já eram mais de duas da madrugada do domingo, 11.

As quatro escolas do Grupo de Acesso, Marujos da Zona Sul, União do Povo, Caprichosos de Jundiaí e Mocidade Alegre, entraram juntas em homenagem ao carnavalesco Souza. Não houve competição entre as agremiações.

Depois, com buracos de mais de hora entre uma e outra, vieram Arco-Íris, maior vencedora do carnaval jundiaiense, Leões da Hortolândia, União da Vila e Unidos da Zona Leste. A Prefeitura de Jundiaí divulgou público de 20 mil pessoas.

A apuração das notas das escolas do Grupo Especial será nesta segunda-feira (12), às 9h, no Complexo Argos. Mais do que quem ganhou ou perdeu, o debate deve ser sobre como melhorar o desfile para 2019. E isso tem que começar desde já.



Fotos: Vera Gonçalves-PMJ
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nos 80 anos de Dona Carminha, com algodão doce e tudo mais

Aniversário no Tênis Clube reúne a família e amigos dessa guerreira

Um viva às mulheres

Por Eusébio dos Santos

Vamos pensar no Brasil?

Por José Renato Nalini

Uma necessária Era Criativa em Jundiaí

Por José Arnaldo de Oliveira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.