Jundiaqui
Jundiaqui

Bibi Politi e Pier Marchi em “O Bosque dos Sonâmbulos”

Jundiaqui
19 de maio de 2017
Jundiaiense participam do curta em que os desejos mais reprimidos vão vir à tona durante a noite



"O Bosque dos Sonâmbulos" é um curta metragem (por enquanto, existe um projeto para a versão longa) que trata de personagens com desejos reprimidos e que terão seus sonhos realizados durante a noite num bosque, próximo ao hotel onde estão todos hospedados. São dois jundiaienses que trabalham no filme. Bibi Politi é assistente de direção e Pier Marchi um dos atores.



A ideia do filme é de Matheus Marchetti, diretor e roteirista, sendo adaptada conforme o desenvolvimento junto com toda a equipe.

O trailer oficial foi lançado em abril, conta Bibi, que é estudante de Cinema na Faap, em São Paulo. O filme foi gravado em Campos do Jordão.



Bibi é assistente e fez toda a parte de comunicação da equipe com a direção e a produção, além de colaborar com ideias, revisar todo o material e ajudar na escolha dos atores.

O ator daqui de Jundiaí é o Pier Francesco Passarin Marchi, com trabalhos no teatro como “Um Violinista no Telhado” em 2012, “Godspell – O Musical” em 2012 e 2013, “Coisas de Meninos” em 2013 e 2015, “As Damas de Paus – Uma Comédia Musical” em 2014 e “Urinal o Musical” 2016.

Fez curso de canto na Cia. Canto Vivo, na St. James Chamber Choir, participou co coro Cênico do Pio X.

 

"O Bosque dos Sonâmbulos"

Um musical sobre primeiro amor, despertar sexual, sonhos e pesadelos - contado no estado inebrio entre fantasia e realidade, entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Dia 3 de outubro tem aniversário de 3 anos do JundiAqui

Festa vai ser no Casa Cica Bar e Cozinha com som do Trio em Transe

Banda Allamanda faz show de tarde na praça do Vianelo

Tem rock, reggae e muito mais de graça a partir das 16 horas

Domingão é pra curtir um belo carro antigo

Dezenas deles vão estar expostos a partir das 10 e até as 14 horas

Valtinho, o sonoplasta jundiaiense que dava show em São Paulo

Valter Tadeu Vieira trabalhou na Rádio Globo e nos últimos vinte anos estava na Rádio Capital
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.