Jundiaqui
Jundiaqui

Equipamento falha e jundiaiense não vai à final do “Got Talent” na Espanha

Jundiaqui
16 de abril de 2019
Luana Cayres, filha da dupla de palhaços Rick e Kelly, vive há seis anos na Europa fazendo shows pendurada só pelos cabelos

Edu Cerioni

Nascida uma semana depois do Carnaval de 1988 em Jundiaí, Luana Cayres veio ao mundo para ser artista. Filha da dupla Rick e Kelly, sempre esteve ligada ao teatro, ao circo e ainda bebê já sabia que essa era sua vida, pois participava de espetáculos e as palmas a acalmavam. E agora aos 31 anos, vive seu grande momento na Europa, para onde foi há seis anos. Chegou à semifinal do "Got Talent" da Espanha. Acabou não passando para a decisão não por falha sua e sim do equipamento que usou nesta segunda-feira (15). Lamentou, definiu a eliminação como injusta, mas sabe que o show não pode parar...

Luana foi selecionada entre centenas de artistas e brilhou ao mostrar sua força capilar na TV. Faz esse espetáculo em circo e tirou o fôlego dos telespectadores do Telecinco ao ficar pendurada só pelos cabelos dando incontáveis giros no ar. Avançou na competição, mas não pôde repetir o feito na semifinal, pois o motor travou. Até arriscou uma dança e fez cara de feliz no ar, só que disse adeus ao grande prêmio ali.

Santi Millán, o apresentador, reconheceu que a falha atrapalhou o desempenho da competidora. Um jurado tentou colocar panos quentes e assegurou que mesmo Luana tendo ficado parada no ar por um minuto, "muita gente nem notou a falha, afinal ela é uma grande artista". Mas outro decretou: "É uma pena, porém são coisas que acontecem a todos nós que subimos em um palco".

A jundiaiense resumiu assim a jornada: "Infelizmente aconteceu um problema técnico durante minha apresentação, o motor que me levantava se bloqueou e não me abaixava. Fiquei muito mais do que o previsto pendurada pelos cabelos sem ter o que fazer... não consegui terminar minha exibição, ainda tinha mais coisas para mostrar... Achei muito injusto, pois não pude repetir minha atuação e fui prejudicada na votação por um erro que não cometi, um erro técnico".

QUEM É ELA

Luana, que pesa 50 quilos, contou ao JundiAqui que não sabe qual é seu recorde de voltas no ar pendurada só pelos cabelos. "Dou muitas voltas, não dá para contar porque é muito rápido".

Uma amiga a incentivou a se inscrever no "Got Talent". Acabou selecionada e, diante dos jurados, ganhou três sim de quatro avaliadores, indo para o desafio na TV e se classificando para as semifinais com uma apresentação.

Luana começou com a Cia Rick e Kelly (na foto abaixo, em apresentação durante a Festa da Uva 2019) e depois trabalhou como artista no Hopi Hari. Foi para o Circo Orlando Orfei e atuou como acrobata por um ano, entre setembro de 2012 e 2013, quando inclusive se apresentou aqui na cidade pela última vez.

Depois disso é que começou sua aventura europeia. Primeiro no Circo Folloni, depois no Delle Stelle e no Spadoni, todos italianos - morou em Milão. Mudou-se para Madrid e nos últimos anos atua pelo Circo Gottani, com o qual está em turnê já há oito meses.



 

 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Carnaval da criançada é com o Mamãe Eu Quero, domingo

Vai ser no Parque da Cidade, a partir das 15 horas

Maxi Menu tem promoção todo dia e você estaciona de graça

Ação promocional movimenta a praça de alimentação do shopping

O Brasil não é o país do futebol faz tempo

Por Marcel Capretz

Canto Vivo vem com “Série Coral ao Quadrado + 1”

Tem canções barrocas, sacras e até Caetano Veloso e Supertramp
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.