Jundiaqui
Jundiaqui

Ingmar Bergman no Moviecom Arte em agosto

Jundiaqui
2 de agosto de 2018
Mês começa com "Nos Encontramos no Paraíso" neste sábado às 11 horas

Veja a programação de agosto do Moviecom Arte:

Dias 4 e 5 (11h) e 7 (14h)

"NOS ENCONTRAMOS NO PARAÍSO" (16 anos)

Em novembro de 1918, alguns dias antes do Armistício de Compiègne, Édouard Péricourt (Nahuel Pérez Biscayart) salva a vida de Albert Maillard (Albert Dupontel). Os soldados franceses não têm nada em comum, a não ser a guerra e o ódio pelo vil tenente Preadelle (Laurent Lafitte) e são obrigados a se unir para sobreviver - uma firme parceria marcada por farsas e lealdade.

11 e 12 (11h) e 14 (14h)

"O AMANTE DUPLO" (18 anos)

Chloé (Marina Vacht) é uma mulher reprimida sexualmente que, constantemente, sente dores na altura do estômago. Acreditando que seu problema seja psicológico, ela busca a ajuda de Paul (Jérémie Renier). Só que, com o passar das sessões de terapia, eles acabam se apaixonando. Diante da situação, Paul encerra a terapia e indica uma colega para tratá-la. Chloé, no entanto, decide ir a outro profissional.

18 e 19 (11h) e 21 (14h)

"BERGMAN – 100 ANOS" (livre)

Em 2018 comemora-se o centenário do diretor sueco Ingmar Bergman, falecido em 2007. Este documentário resgata a obra monumental do cineasta, autor de filmes como "O Sétimo Selo", "Morangos Silvestres", "Persona", "Gritos e Sussurros", "Luz de Inverno", "O Ovo da Serpente" e "Fanny e Alexander". O foco é o ano de 1957, quando Bergman lança dois longas, filma mais dois, dirige um telefilme e quatro peças de teatro. Conversando com atores, colaboradores, críticos e historiadores, o documentário traça o retrato de um homem obsessivo, instável, difícil de lidar, mas ao mesmo tempo um dos maiores artistas da história da Suécia - o único diretor a receber a "Palma das Palmas" no Festival de Cannes.

25 e 26 (11h) e 28 (14h)

"UMA CASA A BEIRA MAR" (12 anos)

Três irmãos se reúnem ao redor do leito de morte de seu pai e precisam pensar no que será do pequeno paraíso que ele construiu, em torno de um modesto restaurante à beira-mar.

É no Maxi Shopping Jundiaí, avenida Antonio Frederico Ozanan, 6.000, Vila Rio Branco.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Tradição ignóbil

Por José Renato Nalini

“Raízes Sertanejas” chega com Chico Teixeira e Sérgio Reis

Teatro Polytheama recebe o show que terá ainda o cantor Landau neste domingo, às 18 horas

“Pronto a Botar Fogo” é o que promete Mato Seco

Banda vem ao Sesc Jundiaí dentro das celebrações dos 15 anos de estrada 

Jundiaiense chega ao Uruguai e vai encarar América do Sul a pé

Milena Leal saiu da cidade em 9 de setembro e seu plano é ficar fora por 2 anos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.