Jundiaqui
Jundiaqui

Max Fercondini volta à mídia, agora por conta de briga na rua

Jundiaqui
14 de março de 2018
Ator jundiaiense de 32 anos foi atacado por um jovem 'armado' com um skate e tudo foi filmado

Solteiro outra vez desde outubro, o ator e apresentador jundiaiense Max Fercondini, 32 anos, foi flagrado em uma briga em rua do Rio de Janeiro na noite de terça-feira (13).

Ele foi atacado por um jovem que lhe bateu algumas vezes na cabeça com um skate e revidou com socos, tudo filmado por alguém com a câmera de um celular. Claro que o vídeo ganhou as redes sociais. Sites cariocas dizem que jundiaiense que tem contrato com a TV Globo perdeu até um dente, não confirmado por sua assessoria de imprensa.

A confusão envolveu Maria Cândida Fonseca (foto abaixo), 19 anos, que se apresentou a Max como filha de Cássia Kiss. O ataque teria sido do namorado dela, incomodado com o que parece uma cantada do global.



Os dois e mais outros amigos da jovem estão perto de um bar na Barra da Tijuca. O vídeo da briga foi divulgado nesta quarta (14) no programa "Fofocalizando", do SBT. Max é reconhecido pela garota e fala algumas coisas, inclusive tirando sarro do "skatinho" do namorado dela.

Fercondini postou no Instagram: "Não dei em cima da filha da minha querida amiga Cássia Kis, como foi noticiado hoje mais cedo. Não apoio nenhum tipo de violência. Me defendi como pude. Estou bem como sempre".

Até outubro, Max tinha um relacionamento de mais de nove anos com a também global Amanda Richter, com quem cruzou em um motorhome a América do Sul, feito que rendeu livro à venda e uma série que a Globo mostra em suas emissoras pagas. Ele se prepara para velejar pelo mar Mediterrâneo durante um ano, outra aventura que vai gerar livro e série.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

O dia que Jundiaí parou

Carros sem gasolina, escolas sem alunos, comércio sem consumidores… 

Sem arquibancada, desfile das escolas de samba será numa noite só

Ninguém quis patrocinar a festa e apresentação fica apenas para o sábado

Jundiaí aposta em software que traga ganhos ambientais

City Performance Tool é a ferramenta que a Siemens vai usar aqui 

“Desafio agora é escolher músicas que representem minha verdade”

Depois de brilhar com “K.O”, jundiaiense Renan Cavolik quer levantar a galera e vencer o “The Voice Brasil”
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.