Jundiaqui
Jundiaqui

No salto alto, Davis dá show no Ratinho e vem convite por aí

Jundiaqui
21 de novembro de 2017
Dançarino de Jundiaí é pura energia na noite do SBT, ao som de "Brasileirinho"

Edu Cerioni

Super elegante, em um terno preto brilhante com gravata e lenço pink e em cima do salto alto agulhinha de 17 cm de sapato também pink brilhante, Davis Rodrigo sacudiu o SBT na noite desta segunda-feira (20), com muito samba no pé ao som de "Brasileirinho".



Recebeu o troféu de destaque do "Programa do Ratinho" e o prêmio conferido por todos os jurados do quadro "É Dez ou Mil?". E mais: abriu as portas pra novo projeto, que ainda é segredo. Um dos jurados, Leão Lobo, avisou: "Logo você vai entrar num desses reality da TV".



De bem com as câmeras, Davis desfilou a pedido do apresentador e deu seu recado para as mulheres: que se valorizem mais. "Eu subo no salto e olho longe, para onde vou buscar os objetivos da minha vida". Ganhou a plateia!

Com um gingado que a mulher jundiaiense já conhece e admira, enquanto dançava se ouviu Ratinho falando boquiaberto: "O que é isso! O que é isso!". A dança foi de 1 minuto e trinta segundos e Davis fez uma performance bem legal ao tirar o paletó e o jogar para longe.

Sua presença no programa beirou os 8 minutos - de puro carisma, um show. "Ele é um artista nato", resumiu Décio Piccinini, convenhamos um cara sempre muito chato com os calouros.



Depois da apresentação, Ratinho não resistiu em provocar Amanda Vieira, a sua chefe das bailarinas e a colocou pra dançar junto com Davis. "Sinceramente, entre os dois fico em ele", disse.



Arnaldo Saccomani, outro chato, o chamou de "louco", mas genial. Leão Lobo contou que também gosta de andar de salto alto e definiu Davis como "maravilhoso". Até Pedro Manso que precisou mostrar seu lado machista e dizer que não admite essa "coisa de homem de salto, de homem casando com homem", se rendeu: "Foi fantástico".

EM CASA

Ao deixar a emissora, Davis falou com o JundiAqui: "Ao entrar no SBT já temos uma visão de algo familiar, e realmente é isso mesmo! Super acolhedor, todos passam olhando em seus olhos e dizendo seja bem-vindo. Isso é algo acolhedor".

O jundiaiense elogiou o camarim, "espetacular, como o artista merece". Disse que ficou entre pessoas de diferentes culturas e lugares, mas que todos se sentiram respeitados igualmente.

"O Ratinho é realmente gente da gente. E a diretora Lucimara Parisi, que me convidou para o programa, é de uma energia maravilhosa, deixando a gente muito a vontade dentro de sua casa. Agradeço o convite e já antecipo que em breve retornarei à casa. Mais depois eu conto tudo, ainda é pra guardar a surpresa."

Veja a atuação de Davis

 

 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Férias é no Maxi, com oficinas para a garotada

Shopping traz cursos rápidos e bastante criativos a partir do dia 12

Crônica da cozinha – Precocidade

Pelo chef Manuel Alves Filho

Quase mil crianças vão ficar fora de creches este ano

Pelos números divulgados pela Prefeitura de Jundiaí, são 2.352 inscritos para 1.382 vagas

Dia da Maldade

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.