Jundiaqui
Jundiaqui

Um olho na tela e outro na cidade

Jundiaqui
23 de outubro de 2017
Quarta edição da Semana do Audiovisual Livre começa nesta terça-feira

Confira a programação:

— Políticas Culturais para o Audiovisual: novas perspectivas
Qual o futuro do audiovisual? Em busca de novas perspectivas para o setor, vamos conversar sobre políticas públicas, produção e difusão. ► Dia 24, 19h às 21h30 | Sesc Jundiaí

— A memória audiovisual de Jundiaí
O passado da produção audiovisual na cidade. Com Fabrício Felice e Rodrigo Tangerino, mediação de Maurício Ferreira (foto abaixo). ► Dia 25, 19h às 21h | Sesc Jundiaí



— Craca, Dani Nega e o Dispositivo Tralha 
Mais que um show, uma narrativa audiovisual sobre as violências sofridas pelas mulheres e negros no Brasil. ► Dia 26, 20h |
Sesc Jundiaí

— Mostra Livre 
Exibição dos curtas “Aluguel – o Filme”, “Vazio do Lado de Fora”, “Procura-se Irenice”, “Rainha” e “Manual”, seguido de debate com Linconln Péricles, Thiago Mendonça e Marco Escrivão. ► Dia 27, 19h às 22h | Sala CineArte do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí

— SALVE Talks 
Conversas instigantes sobre os temas “A representatividade da mulher na produção audiovisual” com Dani Libardi (diretora da série 3% - 3 por cento) e Malu Andrade (grupo Mulheres no Audiovisual Brasil), “O audiovisual como ferramenta de militância LGBT” com Luiz Henrique Lula & Camila da Motta (canal Queer na tela) e Lorelay Fox (canal Para Tudo), e “Como o YouTube transformou a produção e o consumo de conteúdos audiovisuais” com Faell Vasconcelos (canal ArtWeb.) e Pedro HMC (canal Põe na Roda). Mediações de Daniele Barbosa, Thyga Morena e Gustavo Koch. ► Dia 28, 14h às 18h | Sesc Jundiaí

— Era o Hotel Cambridge 
Dir.: Eliane Caffé. BRA, 2017, 99 min. Exibição do filme seguida de bate-papo com Carmen Silva (dirigente da FLM - Frente de Luta por Moradia) e Inês Figueiró (co-roteirista do filme e coordenadora das oficinas infantis do Hotel Cambridge). ► Dia 28, 18h às 20h | Sesc Jundiaí

— Encontro de Cineclubes 
O cineclube como forma de resistência política e educação de base: importância, fragilidades e desafios cineclubistas. Serão abordados temas como educação e ampliação do debate sobre cinema, direitos humanos e diferentes formas de promover o amplo acesso às produções cinematográficas. Com Eduardo Paes Aguiar e Claudio Nunes (Tio Pac). ► Dia 29, 10h às 16h | Sala Jundiaí — Complexo Fepasa

— Festa da SALVE 2017 + Despedida do Ateliê Plano
Confraternização final da SALVE 2017 com discotecagem por DJ Maravilha & DJ Tahira + Exposição + Projeções pelo coletivo Estratosféricos.► Dia 29. Domingo, 18h30 | Atêlie Plano | 18 anos | Contribuição sugerida de R$ 5,00.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Um passeio pelos jardins secretos de Cris Hautz

Artista expõe pela primeira vez. Os 11 quadros da série têm nomes que homenageiam mulheres

Nos 80 anos de Dona Carminha, com algodão doce e tudo mais

Aniversário no Tênis Clube reúne a família e amigos dessa guerreira

Feliz aniversário ao esporte bretão! 154 anos e 11 curiosidades

Por Rafael Porcari

Dom Vicente e a 55ª Assembleia Geral da CNBB

“Este homem é um instrumento que escolhi para levar o meu nome a todas as nações” (cf. At 9,15)
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.