Jundiaqui
Jundiaqui

Um olho na tela e outro na cidade

Jundiaqui
23 de outubro de 2017
Quarta edição da Semana do Audiovisual Livre começa nesta terça-feira

Confira a programação:

— Políticas Culturais para o Audiovisual: novas perspectivas
Qual o futuro do audiovisual? Em busca de novas perspectivas para o setor, vamos conversar sobre políticas públicas, produção e difusão. ► Dia 24, 19h às 21h30 | Sesc Jundiaí

— A memória audiovisual de Jundiaí
O passado da produção audiovisual na cidade. Com Fabrício Felice e Rodrigo Tangerino, mediação de Maurício Ferreira (foto abaixo). ► Dia 25, 19h às 21h | Sesc Jundiaí



— Craca, Dani Nega e o Dispositivo Tralha 
Mais que um show, uma narrativa audiovisual sobre as violências sofridas pelas mulheres e negros no Brasil. ► Dia 26, 20h |
Sesc Jundiaí

— Mostra Livre 
Exibição dos curtas “Aluguel – o Filme”, “Vazio do Lado de Fora”, “Procura-se Irenice”, “Rainha” e “Manual”, seguido de debate com Linconln Péricles, Thiago Mendonça e Marco Escrivão. ► Dia 27, 19h às 22h | Sala CineArte do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí

— SALVE Talks 
Conversas instigantes sobre os temas “A representatividade da mulher na produção audiovisual” com Dani Libardi (diretora da série 3% - 3 por cento) e Malu Andrade (grupo Mulheres no Audiovisual Brasil), “O audiovisual como ferramenta de militância LGBT” com Luiz Henrique Lula & Camila da Motta (canal Queer na tela) e Lorelay Fox (canal Para Tudo), e “Como o YouTube transformou a produção e o consumo de conteúdos audiovisuais” com Faell Vasconcelos (canal ArtWeb.) e Pedro HMC (canal Põe na Roda). Mediações de Daniele Barbosa, Thyga Morena e Gustavo Koch. ► Dia 28, 14h às 18h | Sesc Jundiaí

— Era o Hotel Cambridge 
Dir.: Eliane Caffé. BRA, 2017, 99 min. Exibição do filme seguida de bate-papo com Carmen Silva (dirigente da FLM - Frente de Luta por Moradia) e Inês Figueiró (co-roteirista do filme e coordenadora das oficinas infantis do Hotel Cambridge). ► Dia 28, 18h às 20h | Sesc Jundiaí

— Encontro de Cineclubes 
O cineclube como forma de resistência política e educação de base: importância, fragilidades e desafios cineclubistas. Serão abordados temas como educação e ampliação do debate sobre cinema, direitos humanos e diferentes formas de promover o amplo acesso às produções cinematográficas. Com Eduardo Paes Aguiar e Claudio Nunes (Tio Pac). ► Dia 29, 10h às 16h | Sala Jundiaí — Complexo Fepasa

— Festa da SALVE 2017 + Despedida do Ateliê Plano
Confraternização final da SALVE 2017 com discotecagem por DJ Maravilha & DJ Tahira + Exposição + Projeções pelo coletivo Estratosféricos.► Dia 29. Domingo, 18h30 | Atêlie Plano | 18 anos | Contribuição sugerida de R$ 5,00.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Revolução de 1932: Jundiaí bombardeada por avião de Getúlio

A história foi publicada em jornais, mostra Vivaldo José Breternitz

No Sesão tem prosas, poesias, causos e música de raiz

“Ser Tão Caipira” é o espetáculo gratuito na noite desta sexta-feira

E o rolê da Marechal parece que vai continuar

Depois de anunciar a despedida, Bar do Haules já marca outras festas

22 anos de Grendacc

Por Verci Bútalo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.