Jundiaqui
Jundiaqui

Costelinha de porco com molho barbecue

Jundiaqui
18 de janeiro de 2018
Por Paulo de Luna

Ingredientes para 4 pessoas

2 kg de costelinha de porco limpa e com osso, numa peça só

Suco de 1 limão

Sal a gosto

Pimenta tipo calabresa

Para o molho:

2 colheres (sopa) de óleo de soja

4 colheres (sopa) de cebola picada

¹/² xícara (chá) de açúcar mascavo

1 xícara (chá) de vinagre de vinho branco

8 colheres (sopa) de molho inglês

2 xícaras (chá) de catchup

2 folhas de louro

1 colher (sopa) de chilli em pó (ou 2 colheres - chá - de pimenta vermelha seca triturada

1 xícara (chá) de água

Sal a gosto

Pimenta-do-reino branca moída na hora a gosto

Acompanhamento:

Fritas

Preparo da costela:

Na véspera, tempere com sal, pimenta e limão. Reserve em geladeira. No dia, coloque em uma assadeira antiaderente, cubra com papel alumínio e leve ao forno por uns 40 minutos.

Preparo do molho:

Refogue a cebola no óleo e em seguida coloque o açúcar mascavo e o vinagre. Mexa até dissolver. Acrescente o catchup, o molho inglês, o louro, a pimenta e a água e cozinhe por cerca de 10 minutos. Depois, tempere com sal e pimenta-do-reino e cozinhe por 5 minutos, até engrossar um pouco. Retire do fogo e coe.

Preparo final:

Retire o papel alumínio da costelinha e volte ao forno na posição grill até que estejam douradas. Retire, pincele com o molho, volte ao forno por mais 5 minutos. Repita a operação pelo menos duas vezes.

Meu toque:

Depois de pronto, o molho barbecue deve ser guardado em geladeira, em um vidro esterelizado.

Eu harmonizo com...

Vinho tinto encorpado tipo Cabernet Sauvignon ou Merlot.

Receita integrante do Livro “Grandes Receitas”, que teve toda sua renda revertida para a Família Solidária. O autor é Paulo de Luna, médico e chef de cozinha

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Ao mestre Inos Corradin, com carinho

“O Equilibrista” ganha lugar que merece, em destaque, no Parque da Cidade

A doce orgia de Arthur

Por Cláudia Bergamasco

Quando um prendedor de roupas vira equilibrista

“Circo de Coisas”, da Cia. Circo de Bonecos, traz peça gratuita ao Complexo Fepasa

Três jundiaienses já foram figurinhas de Copa do Mundo

Romeu Pelliciari jogou em 1938, mas só anos depois estampou álbum. Doni e Grafite foram cromos extras em 2010
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.