Jundiaqui
Jundiaqui

De Vó festeja 1 ano de sabor família com sotaque baiano na rua do Retiro

Jundiaqui
6 de junho de 2019
Só de biscoitos são 37 tipos na aconchegante lojinha do casal Augusto e Layana Brito

Edu Cerioni

Jundiaí sempre nos traz boas surpresas. A última delas foi conhecer a De Vó, lojinha deliciosa na rua do Retiro, por onde sempre passo e agora tenho ponto de parada obrigatório.

Parada para um café da Chapada Diamantina moído na hora e coado na própria mesa e acompanhado de um bolo fresquinho, que pode ser de chocolate, de laranja, de cenoura, de aipim ou outro, mas de certo é que foi assado no dia.

Quem comanda a De Vó já há um ano é o casal Augusto e Layana Brito, dois jovens bonitos e empolgados com as receitas que herdaram das vovós. Os dois são baianos que vieram para São Paulo, cidade louca, e que logo conheceram e se apaixonaram por Jundiaí, e que fazem de sua lojinha (o diminutivo é por conta do aconchego e não tamanho, na medida certa) um pedaço de Vitória da Conquista aqui.

A festa de aniversário contou com a diretora de Turismo, Marcela Moro, parceiros que presentearam os clientes da De Vó e muitos amigos do casal, servidos por baianas que trabalham de turbante na cabeça. Teve brindes animados, como deve ser comemorado cada conquista."Vimos uma oportunidade em Jundiaí e estamos adorando isso tudo", disse Augusto, que faz curso de gastronomia na escola Chef Business de Simone Borsolari na mesma turma que eu. Layana contou que a "De Vó traz a essência, o afeto, o amor que tivemos na infância graças à presença forte de nossas avós".

Ponto para café com bolo, a De Vó vai muito além disso. Com trinta lugares à mesa, serve cuscuz, tortas, queijos coalho, acarajé, carne de sol, chimango (pão de queijo da Bahia) e várias outras opções. Só de biscoitos são 37 diferentes variedades, de dar água na boca.A lojinha ainda vende rapadura, doce de leite, geleias de pitanga, jabuticaba, pimenta biquinho ou dedo-de-moça, molho de tomate, tudo artesanal e vindo da terra natal de Augusto e Layana. Tem também cachaças. E dá até para comprar massa de cuscuz e a cuscuzeira para fazer a iguaria em casa.

É na rua do Retiro, 1.210, Anhangabaú (quase na esquina com a Cidade Vicentina). O contato é pelo (11) 4087-4999 ou 99832-0603. Funciona a partir das 9 horas, de segunda a sexta até as 19 e no sábado, até 18h30. Não abre aos domingos.

Veja fotos do aniversário:

Fotos: Edu Cerioni



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

A ganância faz rir na festa de aniversário

“A Visita da Velha Senhora” traz Denise Fraga e grande elenco nesta quarta

Justiça vai levar 6 meses para trazer 9,5 milhões de processos a Jundiaí

Isso se conseguir a transferência do Arquivo do Ipiranga para a cidade de 8 mil volumes ao dia

Décio Scalle e Renato Viana nesta quinta no Koh Samui

Restaurante tailandês da avenida 9 de Julho traz som da melhor qualidade

Crua leva seu samba para trazer recursos e gravar disco

O Samba no Barra foi uma festa com o show “Ao vivo no banheiro”
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.