Jundiaqui
Jundiaqui

Feira da Amizade fica só na saudade

Jundiaqui
12 de outubro de 2017
Depois de resgatada pela administração Bigardi, festa é descartada agora

O site da Prefeitura de Jundiaí escreve que a decisão de não se realizar a Feira da Amizade foi tomada em "comum acordo" com as entidades. Em reunião na tarde de quarta-feira (11) sem a presença do prefeito Luiz Fernando Machado, foi descartada a 35ª edição da festa no Parque da Uva.

Retomada pela administração de Pedro Bigardi, a Feira da Amizade foi feita entre 2013 e 2016, neste último ano reunindo 22 entidades assistenciais. Ela teve em sua primeira versão um total de 30 edições sob o comando de dona Mercedes Ladeira Marchi, a partir dos anos 70.

Durante uma reunião no Paço Municipal comandada pelo gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi, a Prefeitura disse que o custo em 2016 foi de mais de R$ 1 milhão (foto abaixo).

Apesar de reunir milhares de pessoas, a superintendente da Ateal, Mariza Pomilio, disse ao site da Prefeitura: “A Feira da Amizade tem um custo muito elevado e o retorno é baixo”. Da Nipo Brasileira, Célio Okumura Fernandes, falou: “a Feira da Amizade é um evento bastante oneroso que não faz muita diferença para as entidades”.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Espalhando pelo Centro todo seu encanto…

Por Guaraci Alvarenga

Primeiro faroeste da América Latina saiu de Jundiaí

‘O Cavaleiro da Serra’ foi rodado aqui em 1939, nos conta Celso de Paula. Com fotos da Ideal/Sebo Jundiaí

sem bandeiras

Por José Renato Forner

A casa que habito

Por André Kondo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.