Jundiaqui
Jundiaqui

Terça começa curso com super chefs e inspirado na francesa Le Cordon Bleu

Jundiaqui
5 de abril de 2019

  1. Curso profissionalizante de gastronomia básica terá duração de dois meses com Simone Borsolari e Fabiano Vieira


Edu Cerioni

Mesmo aos que têm a graça de ter nascido com a mão boa para cozinhar e especialmente aos que só sabem o básico do arroz, feijão e bife, meu caso, uma grande notícia: vem aí um curso profissionalizante de gastronomia básica que é inspirado na francesa Le Cordon Bleu, a mais respeitada escola mundial de gastronomia. E o melhor: com Simone Borsolari e Fabiano Vieira dando aulas, dois chefs que dominam tudo dessa arte e têm também um outro talento, tão importante quanto, que é o de saber dividir seus conhecimentos.

Regozijo humano, comer bem depende de diversos fatores. Um deles é a preparação do prato. Com duas horas e meia de duração cada aula, nos próximos dois meses, eu e alguns aprendizes estaremos juntos nas noites de terça e quinta-feira, a partir das 19 horas, buscando um aperfeiçoamento que renove a cada dia esse prazer à mesa nosso e de outros (futuros sortudos) que nos rodeiam ou ainda que lhe abra as portas das cozinhas dos mais variados restaurantes.

O investimento é de R$ 2.880,00 para as vinte aulas que começam neste 9 de abril. Cada um também deve apresentar uma faca de legumes, uma faca do chef de 8 polegadas, uma faca de desossa, uma pedra de amolar, uma tábua em PVC para cortes e um pano de prato. No mais, é arregaçar as mangas e se jogar nas técnicas universais da cozinha.

Simone conta que o curso foi desenvolvido conforme o plano de carreira existente nas cozinhas brasileiras, para que o aluno seja devidamente capacitado a exercer a função que escolher dentro da hierarquia dos restaurantes. "Nossos cursos são 100% práticos e todos certificados pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes", avisa.

Dividido em módulos, começa mostrando a função de um auxiliar, com a questão de higiene, armazenamento dos produtos, organização da cozinha, além de técnicas de cortes e de aproveitamento integral dos alimentos.

Vem depois o preparo de bases de alguns pratos específicos, como se fazem as saladas internacionais, diferentes caldos e fundos, uso de ervas e especiarias...

Em terra de descendentes de italianos, claro que tem o ponto de cozimento de massas industrializadas e como se faz massas caseiras e os molhos clássicos. Haverá aula de panificação, doce e salgada, e de pizza.

Se trabalha ainda o frango, a carne de porco e a bovina, com ensinamentos sobre mal passado, ao ponto e bem passado. Como se limpa e fileta o peixe, o preparo de moqueca, casquinha de siri e outras como lula à doré.

O vinho ganha capítulos especiais durante as vinte aulas.

Para saber mais, ligue (11) 4522-2766 ou (11) 9 6615-0071. O e-mail é contato@simoneborsolari.com.br. O site é o  www.simoneborsolari.com.br. A escola de gastronomia fica na avenida Fernando Arens, 1.051, Vila Progresso.



Fotos: Arquivo Pessoal e Foco na Panela

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaí ganha seu Impostômetro, para alertar consumidor

Ele fica na fachada da ACE e já estreou com mais de 1,3 trilhão arrecadados pelos governos só este ano

Se não começar em casa…

Por José Renato Nalini

Vingança

Pelo chef Manuel Alves Filho

Balaio de Gatos!

Por Vera Vaia
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.