Jundiaqui
Jundiaqui

Autoramas é Rock’n’Roll, baby

Jundiaqui
1 de abril de 2019
Banda atrai muitos fãs, alguns com seus filhos de colo, para show no Sesc

Edu Cerioni

Pensou em rock brasileiro, não dá para não lembrar da Autoramas, com seus vinte anos de estrada e músicas autorais de grande qualidade - a maioria em português e não no inglês, um diferencial bem bacana. A banda se apresentou sexta-feira (29) em Jundiaí, reabrindo o palco do espaço conveniência do Sesc, que será usado mais vezes agora em abril.

A Autorama atraiu fãs de todas as idades, a exemplo do que ocorreu dois anos atrás no mesmo Sesc. E que legal foi ver muitos roqueiros com filhos no colo que também curtiram a sonzeira que começou com "Quando a Polícia Chegar" e foi até "Fale Mal de Mim", com um total de vinte canções, além do bis.

Nascida no Rio de Janeiro, a Autoramas migrou para São Paulo e hoje, oito discos depois, tem seus líderes morando em Jundiaí, no bairro do Medeiros. O casal Gabriel Thomaz (guitarra e vocais) e Érica Martins (guitarra, mogg e vocais) escolheu nossa cidade para viver e colecionar amigos. Um deles subiu ao palco para uma canja, F. Nick, da Fistt - nome que apareceu na camiseta usada no show pelo baixista Jairo Fajer.  Completa a Autoramas o baterista Fábio Lima.Outros músicos que prestigiaram a apresentação foram Tchelo, que vai tocar duas vezes este mês no Sesc em honemagens a Raul Seixas, David Barcellos e Hamilton Gariba Ramalho.

Também pegou bem ver Érica descer do palco e cantar no meio do público, entre uma selfie e outra.

Ícone do rock independente brasileiro, a Autoramas toca nesta sexta (5) no Lollapalooza, no primeiro dia do evento que volta ao Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Depois, os quatro embarcam para a Europa, onde têm um mês de apresentações na Inglaterra, Espanha e outros países.

 

Veja fotos exclusivas do JundiAqui: Fotos: Edu Cerioni
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Futuro sombrio

Por Douglas Mondo

Bloco 75 Anos do Clube Jundiaiense vai no embalo do Trio em Transe

Tom Nando comanda a folia do Azul e Branco com uma grande banda e muito balanço a partir de 23 de fevereiro

Ninho tucano mais triste sem Clóvis Galvão

Amigos se despedem do gestor de Administração e de Pessoal da Prefeitura de Jundiaí

Prática e sensibilidade

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.