Jundiaqui
Jundiaqui

“Desafio agora é escolher músicas que representem minha verdade”

Jundiaqui
31 de julho de 2018
Depois de brilhar com “K.O”, jundiaiense Renan Cavolik quer levantar a galera e vencer o "The Voice Brasil"

Pela segunda vez, Jundiaí ganha destaque no programa "The Voice Brasil". A voz da vez é a de Renan Cavolik, 24 anos, que virou duas cadeiras no quarto dia de ‘Audições às Cegas’ e acabou no time de Michel Teló, tricampeão do programa da TV Globo. Ele segue os passos e quer ir além de Marcela Bueno, sua conterrânea que chegou na fase de show ao vivo em 2013.

"Acredito na música de qualidade e temos isso em todos os estilos. Porém, o que mais chega ao meu coração e que me fez vibrar foi o pop. Bebo na fonte do pop diariamente e ouço muito Beyoncé, Lady Gaga, Anitta, Pabllo Vittar e posso dizer que sou apaixonado pelos ícones Whitney Houston e Michael Jackson", contou em entrevista para a TV Globo esse jundiaiense que é designer gráfico e nos últimos anos divide seu tempo entre a música e o trabalho em um e-commerce de moda.

Foi com a música "K.O" de Pabllo Vittar, por sinal, que Renan conquistou um lugar entre os 48 selecionados pelo "The Voice", que serão divididos em quatro times - as eliminatórias seguem nas noites de terça e quinta-feira.  Além de Teló, os comandantes são Ivete Sangalo, Lulu Santos e Carlinhos Brown, outro que gostou do jundiaiense na última quinta (26) e virou a cadeira. Teló e Brown esperaram até o último segundo e isso rendeu uma brincadeira de Renan: “Eu sou cardíaco, meu anjo, não faz isso comigo!”

Ganhar o título traz um prêmio de R$ 500 mil e mais um contrato com a Universal Music.

DESDE SEMPRE

Renan, que já foi destaque no JundiAqui por conta do lançamento de seu primeiro single autoral, "Vem", tem o amor pela música que vem de berço.  "Meus pais sempre cantaram e é lindo ter meu pai e minha mãe comigo nessa jornada". Conta que adorava dublar qualquer tipo de coisa que tocava na rádio em sua casa quando criança.

Na juventude, fez montagens de musicais famosos junto do Grupo Singulari e pôde lapidar ainda mais a vocação. "Trabalhava com construção de personagens e pela música podia contar histórias da melhor forma possível". Durante anos, fez shows e cantou na região em festas e casamentos.

Seus covers já renderam milhares de visualizações e  até fã clube nas redes sociais. No Youtube, fez fama com mesclas musicais que ninguém imaginaria em combinar e que deram certo. Um vídeo que merece ser visto é "Paradinha", de Anitta, quando Renan canta e dança. Seu trabalho mais recente é “Trip to Motown”.

Renan levou os internautas à loucura na apresentação de "K.O", tanto que foi um dos assuntos mais comentados do Twitter na quinta.

Ele agradece a família e "todos os sorrisos" – é assim que chama os fãs – pela realização desse sonho na Globo.

INVESTIDA

Depois de se garantir no time de Teló, ele explica que o momento agora é de muito estudo e concentração. "Acho que o maior desafio é escolher uma música que represente minha verdade e que chegue até o coração da galera que está em casa. Tenho certeza de que farei boas escolhas e conseguirei arrancar bons sorrisos de quem me ouvir cantar".

No programa, Michel Teló deu seu recado: “Uma coisa que chama muito a nossa atenção é que, independente de não ter a afinação perfeita mas primeiras notas, você levantou a galera mesmo assim, e isso é muito legal. Tem muita gente que vem aqui e canta perfeitamente cada nota e a galera não levanta”.

Agora é torcer para que Renan siga levantando a galera e fazendo sucesso no "The Voice".



Fotos: reprodução Facebook
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Dia da Maldade

Pelo chef Manuel Alves Filho

Partidão

Por Vera Vaia

E o Carne com Queijo levou sua alegria à Vila Progresso

Bloco desfilou em seu bairro e atraiu muitos foliões na manhã deste sábado

Gesto impensado

Por Vera Vaia
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.