Jundiaqui
Jundiaqui

Nos 80 anos de Dona Carminha, com algodão doce e tudo mais

Jundiaqui
12 de maio de 2018
Aniversário no Tênis Clube reúne a família e amigos dessa guerreira

Edu Cerioni

Dona Maria do Carmo Andrade Vieira ganhou festa surpresa de 80 anos neste sábado (12).  E foi uma delícia, com direito a encontros e reencontros, com boa música e familiares e amigos na pista de dança. Claro que ela dançou e curtiu cada minuto.

A aniversariante nasceu no mesmo ano em que o Brasil ganhou sua primeira escola de samba. Talvez isso explique seus descendentes serem tão foliões. É mãe de Gisela, a advogada que comanda o bloco Refogado do Sandi, o mais tradicional e animado da cidade, de José Alfredo Vieira e de Liliana Olivatto. O trio se uniu em uma homenagem simples e calorosa no Tênis Clube, claro que com samba e outros ritmos.

Amigos de mais de sessenta anos de jornada foram lá prestigiar o almoço, animado pelo cantor Almir e que teve a canja de outros músicos. Convidados de São Paulo, Campinas e Sorocaba se sentiram acolhidos por uma animada aniversariante, que se empolgou com o carrinho de algodão doce, que deu o toque nostálgico, aquele sabor de infância que ela dividiu com seu bisneto e demais convidados.

Veja fotos:

Fotos: Edu Cerioni
Jundiaqui
Você vai
gostar de

A difícil arte de viver sozinho… depois dos 60

Thaty Marcondes escreve sobre o envelhecimento na cidade

Trio em Transe volta pra balançar o Café Racer

Sábado tem show com muita MPB agitada e também aquele reggae maneiro

Cantor Daniel festeja 8 anos de casado em Jundiaí sábado

Ele vem para a inauguração do novo Sesão do Jardim Brasil e faz homenagem às mães

Trabalho no campo e na ferrovia em exposição

“Memórias, ofícios e saberes dos trabalhadores” ganha espaço no Solar do Barão
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.