Jundiaqui
Jundiaqui

Nos 80 anos de Dona Carminha, com algodão doce e tudo mais

Jundiaqui
12 de maio de 2018
Aniversário no Tênis Clube reúne a família e amigos dessa guerreira

Edu Cerioni

Dona Maria do Carmo Andrade Vieira ganhou festa surpresa de 80 anos neste sábado (12).  E foi uma delícia, com direito a encontros e reencontros, com boa música e familiares e amigos na pista de dança. Claro que ela dançou e curtiu cada minuto.

A aniversariante nasceu no mesmo ano em que o Brasil ganhou sua primeira escola de samba. Talvez isso explique seus descendentes serem tão foliões. É mãe de Gisela, a advogada que comanda o bloco Refogado do Sandi, o mais tradicional e animado da cidade, de José Alfredo Vieira e de Liliana Olivatto. O trio se uniu em uma homenagem simples e calorosa no Tênis Clube, claro que com samba e outros ritmos.

Amigos de mais de sessenta anos de jornada foram lá prestigiar o almoço, animado pelo cantor Almir e que teve a canja de outros músicos. Convidados de São Paulo, Campinas e Sorocaba se sentiram acolhidos por uma animada aniversariante, que se empolgou com o carrinho de algodão doce, que deu o toque nostálgico, aquele sabor de infância que ela dividiu com seu bisneto e demais convidados.

Veja fotos:

Fotos: Edu Cerioni
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jota Quest traz seu acústico ao Polytheama dia 9 de agosto

  Vai ser numa noite de quinta-feira, com ingressos custando entre R$ 140,00 e R$ 200,00

Eusébio Santos: de volta do Chuí, com pinhão e amigos

Coordenador do Celmi e Celeti comemora retorno a Jundiaí com churrasco

Natura dá abrigo à velha-guarda do truco no Vianelo

Jogatina é no sábado pela manhã, uma tradição que já passa dos vinte anos. E agora eles querem ir para o entorno da Ponte Torta

Formação de times campeões

Por Marcel Capretz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.