Jundiaqui
Jundiaqui

Parada LGBT: ano 13, o da sorte, o da chuva e da alegria contagiante

Jundiaqui
1 de outubro de 2018
Beijos pra todo lado sem preconceito marcam o desfile pelas ruas do Centro

Maria Fernanda Cerioni

Mesmo debaixo de uma chuvarada, as cores do arco-íris espalharam-se pelo Centro de Jundiaí neste domingo (30). Uma festa de arrepiar!

O tema desta 13ª Parada do Orgulho LGBT, mais conhecida como Parada Gay, foi "O poder da mudança está no nosso voto. VOTE LGBT!"

Muitos escolheram protestar na base do slogan #EleNão, em referência ao candidato que lidera as pesquisas para presidente e que não respeita a diversidade. Era o que se via pintado em rostos, corpos e cartazes que defendiam a democracia.

Teve um tom político sim, mas para milhares de pessoas a Parada 2018 foi só de paz e amor.

Reuniu lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e heterossexuais,  casais, jovens em grupos, famílias inteiras.

Com concentração na praça Ruy Barbosa e desfile pelas ruas Barão de Jundiaí e Rosário, fez lembrar em multidão a passagem do bloco carnavalesco Refogado do Sandi.

Começou ao meio-dia ainda com sol forte e entrou noite a dentro com corpos molhados e beijos mais ainda...

Veja as fotos exclusivas do JundiAqui:

Fotos: Maria Fernanda Cerioni

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Kahal na final do “Faustão” precisa do seu voto domingo

Tem que se cadastrar para poder participar na decisão do Dança de Grupo”

Poetizar o mundo

Por André Kondo

Natura relembra Erazê em noite da melhor MPB

Bar, boa música e amigos era tudo que o criador do Refogado mais gostava e foi assim a festa em sua memória

Agenda, caderno e outros trabalhos manuais à venda no Maxi

São feitos em papel e toda a renda vai para a Fundação Cintra Gordinho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.