Jundiaqui
Jundiaqui

Toda a elegância do samba de Márcia Mota

Jundiaqui
7 de novembro de 2017
Depois de três anos ela voltou a se apresentar e emprestou seu brilho ao aniversário do JundiAqui 

O aniversário de 3 anos do JundiAqui ainda repercute, graças à elegância do samba de Márcia Mota. Ela ficou exatos três anos sem dançar na cidade e brilhou no salão do Casa Cica Bar e Restaurante no dia 3 de outubro. Aqui, ela conta um pouco sobre sua ligação com a dança e como foi esse retorno...

"Comecei no samba em 1996, quando participei do concurso de rainha do Carnaval de Jundiaí e ganhei. Eu gostava mesmo era de rock!", recorda Márcia.

Márcia foi três vezes Rainha do Carnaval e outras duas vezes Princesa. Desfilou por Arco-Íris e foi rainha de bateria da União da Vila por uma década. Fez parte de algumas bandas na cidade e por 9 anos acompanhou o Sombra e Água Fresca. "Só deixei de dançar dez dias antes de ir embora para Alemanha".

Márcia morou um tempo no país europeu e escolheu Jundiaí para voltar a viver. "A última vez que tinha feito uma apresentação como essa para o aniversário do JundiAqui foi antes de eu partir para Alemanha e depois só desfilei na escola de samba como rainha, meu último ano que desfilei foi em 2015".

A fantasia usada na festa do site foi feita por Karol della Lastra e Márcia usou um salto de 8 centímetros, que diz dar mais firmeza para sambar. Sobre seu parceiro de apresentação, Vanderlei B. A. Vitorino, diz ser seu amigo de mais de vinte anos. "Dançar ao lado dele sempre me deixou mais segura".

Veja fotos desse retorno triunfal de Márcia ao samba...

Fotos: João Ballas e Lígia Ballas
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Crônica da Cozinha – Nosso tempo

Por Manuel Alves Filho

800 cavalinhos sob a estrela

É o que vai render o motor do Mercedes-AMG GT híbrido de quatro portas

Pequenos que são grandes milagres, com a ajuda da Medicina

Emoção marca o Dia da Prematuridade na Sobam, com relatos de mães que sofreram e hoje veem os filhos crescer

Dia das Crianças: jundiaiense Giulia brilha e Brasil se diverte

Menina de 11 anos ficou entre os quatro finalistas da primeira edição do “Humoristinhas”
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.