Jundiaqui
Jundiaqui

Corinthians já teve jundiaienses que conquistaram o Paulistão

Jundiaqui
21 de abril de 2019
Em épocas diferentes, o goleiro Doni e o artilheiro Mario Milani levantaram a taça estadual pelo Timão

Maior campeão do futebol paulista, o Corinthians tem em sua história pelo menos dois jundiaienses que o ajudaram a essa façanha de 30 títulos estaduais: Mario Milani foi campeão em 1941 e Doni, em 2003.

Milani se tornou um ídolo rapidamente do clube alvinegro em 1941, ano de sua chegada - jogou até 1948 pelo time. É que foi campeão Paulista.

Em 1942 e 1943 mostrou seu faro de goleador e foi o artilheiro do Campeonato Paulista com 24 e 20 gols, respectivamente, embora o time tenha sido vice nos dois anos. O mesmo vice se repetiu com o jundiaiense em campo nos anos de 1946, 1947 e 1948.

No clube de Parque São Jorge, Milani fez 131 partidas e marcou 100 gols.



Doniéberson Alexander Marangon, mais conhecido como Doni, foi o goleiro campeão Paulista de 2003 pelo Corinthians, conquista na final em cima do mesmo São Paulo em que o clube sagrou-se tricampeão seguido neste domingo (21), com as taças de 2017/18/19.

Natural de Jundiaí, Doni nasceu em 22 de outubro de 1979 e apesar de começar na base do Paulista, se destacou na meta do Botafogo de Ribeirão Preto, em 2001, na ótima campanha da equipe do interior paulista no campeonato estadual daquele ano, sendo negociado com o Corinthians, onde permaneceria até 2004.



TRICAMPEÃO

O Corinthians conseguiu pela quarta vez em sua história um tri consecutivo - antes, isso tinha ocorrido em 1922/23/24, 1928/29/30 e 1937/38/39. Um curiosidade é que Jundiaí tem dois tricampeões também, mas por outros clubes.

Pelo Palmeiras, Romeu Pelliciari foi vencedor em 1932/33/34. Também com ele o Verdão garantiu o caneco em 1942.

Mais vencedor que Romeu foi Dalmo Gaspar, pelo Santos. Conquistou o Campeonato Paulista 1960/61/62. Antes já tinha tido esse prazer em 1958 e depois ganharia ainda em 1964.



TRICOLOR

Se o São Paulo tivesse sido o campeão neste domingo, o jundiaiense que comemoraria a conquista seria Nenê, que tem títulos até internacionais mas nunca venceu o Paulistão. Pelo Tricolor do Morumbi de Jundiaí os campeões são o goleiro Marcos Bonequini, três vezes, 1989 e 1991/92, e o atacante Grafite em 2005.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Enredança tem dezenas de bailarinos em diferentes palcos

Confira a programação completa do festival de dança a partir desta terça

Os portenhos

Tango, vinho, jamón Pata Negra, muita caminhada, conversas e surpresas em Buenos Aires, conta Cláudia Bergamasco

Aposentados da Caixa em Jundiaí fazem festa em pleno 5º dia útil

Dezenas de ex-gerentes bancários se reuniram nesta sexta para colocar o papo em dia

“Estação Pets 2 – A Vida Secreta dos Bichos” chega ao Maxi

E os clientes ainda podem ganhar uma linda almofada com os personagens do filme
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.