Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaiense e sua filha decepcionam nas eleições de Goiás

Jundiaqui
8 de outubro de 2018
Depois de 5 mandatos seguidos na Alego, Isaura Lemos tentou em vão ir para Câmara Federal; Tatiana não herdou seus votos

Depois de vinte anos, a política de Goiás disse não à jundiaiense Isaura Lemos. Ela, que foi eleita consecutivamente cinco vezes desde 1998, abriu mão da vaga em nome da filha Tatiana, estratégia que deu errada para as duas. Isaura não conseguiu se eleger deputada federal nem Tatiana herdou os votos da mãe para estadual.

Isaura somou apenas 24.258 votos neste domingo (7), enquanto Tatiana, que vai voltar a ser vereadora em Goiânia, teve 15.087, ambas pelo PCdoB.

O grande problema de Isaura foi ter ficado milionária na luta pela causa operária. Ela declarou uma evolução de 454% entre o patrimônio declarado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em 2014 e em 2018. Foi de R$ 212,7 mil em bens para R$ 1,17 milhão. Parece que o eleitor não gostou nada disso.

Maria Isaura Lemos é a décima primeira dos 13 filhos de Arnaldo e Isaura Rocha Lemos. Técnica em enfermagem, casou com o também político Euler Ivo e teve três meninas - Tatiana, Maíra e Júlia. Ganhou visibilidade quando ajudou a criar o Movimento Contra a Carestia, que lutava para diminuir o preço da cesta básica. Também junto com o marido fez o Movimento de Luta pela Casa Própria. Em 1998, se candidatou e foi eleita para a Assembleia Legislativa de Goiás, o que se repetiu em 2002, 2006, 2010 e 2014. Em 2012, concorreu à prefeitura de Goiânia, mas não se elegeu.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Gianlucca Mauad está no filme sobre Edir Macedo

O garoto de Jundiaí será Moysés, filho do pastor, no primeiro episódio da trilogia

Trabalho no campo e na ferrovia em exposição

“Memórias, ofícios e saberes dos trabalhadores” ganha espaço no Solar do Barão

Jundiaí ganha sua “Memória LGBT”

Projeto contemplado com verba do Estado tem festa de apresentação na Argos

A guerra entre Jundiaí e Uber

Entenda o decreto que pode tirar parte da receita dos motoristas de aplicativos de transporte da cidade
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.