Jundiaqui
Jundiaqui

Na terra da coxinha de queijo, Ciro Gomes pede fim de rixa

Jundiaqui
2 de setembro de 2018
Primeiro candidato a presidente da vir fazer campanha em Jundiaí, ele atacou Bolsonaro

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, passeou pelo Calçadão e fez discurso na Associação dos Aposentados de Jundiaí, neste domingo (2), quando fugiu do discurso de esquerda e pediu o fim da "briga entre coxinhas e mortadelas".

Cidade que acaba de tornar patrimônio imaterial a coxinha de queijo e onde bonecos dos ex-presidentes Lula e Dilma Roussef foram pendurados no pontilhão por corda no pescoço, indicando o enforcamento dos petistas, Ciro vê que a rivalidade entre "coxinhas" e "mortadelas" está rachando o país e espalhando o ódio na política. "A questão que vai ser decidida é se o país quer ficar amarrado nessa luta miúda".

Ciro Gomes aproveitou para atacar o também presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que para ele quer se beneficiar ao falar sobre valores cristãos que não pratica. O candidato pelo mesmo partida de Gerson Sartori, que concorre a deputado federal, e Pedro Bigardi, que tenta vaga de estadual, disse que o candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) é “vagabundo”.

Márcio França

Concorrente de Dória, quem deve ter gostado das palavras de Ciro é Márcio França (PSB), que assumiu o cargo de governador após o seu companheiro de chapa Geraldo Alckmin (PSDB) se afastar para concorrer à Presidência e que busca assumir o Estado de São Paulo pelos próximos quatro anos. Ele também esteve em Jundiaí neste domingo, onde prometeu fim de filas em creches e oferta de bolsas para empregar os jovens dispensados do serviço militar. Um dos presentes na recepção na APDC do Jardim Samambaia foi André Benassi, ex-prefeito municipal.



Fotos: reprodução Facebook
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Santa Fé leva sertanejo ao Happy Hour do Maxi

Cantor faz show acústico na noite desta terça-feira no shopping

Um olhar sobre a Copa do Mundo

Por Guaraci Alvarenga

Revolução das Bengalas reflete sobre espiritualidade

Projeto encerra o 1º ciclo com o seminário concorrido na Associação dos Aposentados

Bloco da Ponte Torta faz esquenta no Estrela neste sábado

Renato Viana é quem vai cantar sambas e marchinhas no clube da Ponte São João
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.