Jundiaqui
Jundiaqui

“Por qué no te callas?”

Jundiaqui
23 de setembro de 2018
Pelo Dr. Didi

Por que não te calas FHC?

O rei Juan Carlos de Bourbon y Bourbon falou para Hugo Chaves na XVII Conferência Ibero-Americana, em 2007: "por qué no te callas?". O espanhol, "matador de elefantes" que era, não tinha moral para falar-lhe nesse tom.

Fernando Henrique Cardoso surgiu presidenciável pelas mãos de Itamar Franco, após o sucesso do Plano Real - talvez o único ato político-econômico louvável da nossa história recente. Tornado presidente, fez um excelente primeiro mandato e a "mosca-azul" fez com que comprasse um segundo, aliando-se a figuras mais nefastas da política brasileira. Leia-se PMDB-MDB. Na minha visão, ali acabou a aura de FHC. Deu no que deu... O Lulo-petismo-peemedebismo contra o qual luta-se até hoje.

Agora, talvez vendo o mal que causou, FHC tenta melhorar sua biografia pedindo "CALMA, PESSOAL" e falando "ASSIM NÃO PODE", "ASSIM NÃO DÁ"...

Em breves dias estaremos a dedilhar as urnas eletrônicas - questionáveis ou não. Um Congresso, provavelmente igual ao de hoje, emergirá dela - com tristes pequenas mudanças.

Dilma, por obra da dupla Lewandowski-Renan, virá como senadora. Helder, cria de Jader Barbalho, como governador. Um pequeno ratinho assumirá o governo do Paraná. E por aí vai. Das urnas surgirá um país mais dividido ainda.

"Alea jacta est" (a sorte esta lançada).

Diógenes Augusto Archanjo da Silva, o Dr. Didi, é médico ortopedista
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Dona Idelma Bulhões lança seu primeiro livro aos 90 anos

“Caminhos da Saudade” traz poesias que emocionam. Autora também fez o desenho da capa

Santa Fé leva sertanejo ao Happy Hour do Maxi

Cantor faz show acústico na noite desta terça-feira no shopping

“Maria e os Pacotes” tem apresentação no Festival de Teatro

Festeju começa no sábado e terá apresentações até dia 30 de setembro

“O Cidadão Ilustre” revela uma indisfarçável inveja pelo sucesso alheio

Tem filme argentino premiado em Cannes neste sábado e domingo do Moviecom Arte
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.