Jundiaqui
Jundiaqui

Formação de times campeões

Jundiaqui
17 de julho de 2018
Por Marcel Capretz

O sucesso no futebol pode ser conquistado e explicado de várias formas. Uma delas é a continuidade. Continuidade e sequência de ideias, conceitos e jogadores costuma funcionar bem - evidentemente, desde que haja qualidade no que é feito, já que sequência de más ideias e jogadores ruins não levará ninguém a conquistas.

O jogo de futebol é complexo, caótico e sistêmico. Algumas variáveis que interferem no resultado são muito subjetivas. Quando popularmente falamos que uma equipe 'deu liga', está 'azeitada' e 'encaixou', normalmente estamos nos referindo a complementaridade de qualidades dos membros do time. Um completa o outro, potencializando o que há de melhor e minimizando os elos fracos.

Me refiro aqui a relação 'eu-companheiro'. Para contextualizar, em qualquer jogo coletivo existe as relações: 'eu-bola', 'eu-companheiro', 'eu-bola-alvo' dentre outras. A interação 'eu-companheiro', só chegará a excelência com tempo. Jogadores se comunicam de maneira não verbal o tempo todo. Como o companheiro gosta de receber um passe, no pé ou no espaço? Em uma jogada sem a bola, quem dá o bote e quem faz a cobertura, tudo isso no timing preciso? Isso só se faz em alta performance com treino e mais treino e com jogo e mais jogo.

Por isso, quando vejo o Corinthians perder dois de quatro jogadores da linha defensiva me preocupo. Ou quando o São Paulo no começo do ano vendeu uma baciada e contratou outra baciada de atletas também não prevejo troféus. Ou até o Santos que trocou todo o seu ataque com relação ao ano passado também fatalmente terá dificuldade.

Formar um elenco requer inteligência, conhecimento e tato. Entendo a necessidade dos clubes brasileiros venderem jogadores. Mas até essas vendas podem ser feitas com critério pensando no sucesso do time. Vender um jogador e contratar outro melhor tecnicamente não é garantia de sucesso.

Marcel Capretz é jornalista esportivo
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Dia da Mulher tem desfile da nova coleção de óculos de sol Di Fiori

Ótica na rua Sócrates Fernandes de Oliveira terá festa nesta quinta

Dois anos depois, obras de Inos vão poder ser apreciadas

Quadros que estavam no Velório do Centro agora terão exibição na Pinacoteca

A liderança de Tite

Por Marcel Capretz

Santa Angela facilita a compra do seu apartamento e mercado reage

Construtora abre negociação especial para o Myriad Parque Residencial Clube, no Engordadouro
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.