Jundiaqui
Jundiaqui

Garotada do Galo começa corrida atrás do sonho de vencer no futebol

Jundiaqui
5 de abril de 2019
Segunda Divisão estadual tem 41 clubes só com jogadores da categoria sub-23 

Longe, muito longe da elite, onde já esteve, o Paulista Futebol Clube recomeça sua luta para subir um degrau dentro do Campeonato Paulista neste sábado (6).

Torneio que reúne apenas jogadores com menos de 23 anos de idade, a Segunda Divisão, que na verdade deveria se chamar quarta - antes dela tem a A-1, a A-2 e a A-3 -, conta com 41 times, muitos tão tradicionais quanto o nosso de Jundiaí, com seus mais de 100 anos de vida, alguns deles de glória e outros muitos de luta e suor.

A estreia do Galinho é longe de casa, às 19h, diante do São José, em São José dos Campos. O primeiro jogo aqui é dia 13 (confira a tabela mais abaixo).

Os 41 clubes são divididos em seis grupos, sendo cinco deles com sete equipes e um com seis. Os clubes jogam dentro das chaves em turno e returno, classificando-se os quatro melhores, ou seja, mais da metade vai passar e a esperança é que o Galo esteja nela.

A segunda fase será disputada pelos 24 classificados, divididos em seis grupos de quatro clubes, jogando nas chaves em turno e returno, classificando-se os dois melhores, além dos quatro melhores terceiros colocados.

A terceira fase será disputada pelos 16 classificados, em quatro grupos de quatro, que jogarão em turno e returno, classificando-se os dois melhores de cada chave.

Quartas de final, Semifinal e Final são disputadas no sistema mata-mata em jogos de ida e volta para se apurar os dois finalistas que vão ter acesso à A-3 e ainda o campeão. A última partida será disputada em 3 de novembro.

 

Foto: Reprodução Facebook/Cassiano Magno
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Carnaval do Tênis Clube é diversão para a meninada

O sábado foi de dupla folia, com festa Kids e depois Teen. Veja as fotos…

Vasti vai para a Educação e Marcelo Peroni assume a Cultura

Ela ocupa lugar de Parimoschi, que desde março tocava duas secretarias

Galeria do Polytheama nos “Rumos” de Christiane Grigoletto

Eduardo Medrano mostra como foi o vernissage da exposição que fica em cartaz até dia 30

“Para que n’Ele nossos povos tenham vida”

Pelo bispo Dom Vicente Costa
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.