Jundiaqui
Jundiaqui

A importância do treino no futebol

Jundiaqui
29 de novembro de 2017
Por Marcel Capretz

O mantra de que com dez mil horas de prática (estabelecido pelo escritor Malcolm Gladwell) podemos ficar excelentes em qualquer atividade está caindo. A prática pela prática não resolve. O combustível é a prátia com excelência, com correção, com estímulos novos e positivos. Isso sim nos leva a excelência. Se você praticar mal uma atividades por cem mil horas, por exemplo, jamais terá uma performance diferenciada.

Trazendo para o futebol fica evidente que neste processo de aprendizagem constante e melhorada a figura do treinador e de toda a sua comissão técnica é fundamental.

O treinar por treinar já não resolve mais os problemas. Os coletivos de 11 contra 11 não fazem os jogadores terem estímulos novos. Pior ainda, treinos analíticos, fragmentados e distantes da realidade do jogo em nada contribuirão para a melhora da performance.

De que adianta treinar chute a gol, por exemplo, sem a pressão do adversário, sem uma possível imperfeição do passe e até mesmo sem a possibilidade de ao invés do chute a melhor opção ser uma assistência?

Jogos reduzidos e com regras adaptadas sim, podem estimular tomadas de decisão rápidas e inteligentes. Não apenas isso, mas o que se mostra cada vez mais eficaz é o treinamento sistêmico em que o físico, técnico, tático e emocional são trabalhados juntos, como é o caos imprevisível que é uma partida de futebol.

Acabou o tempo que o treinador "entregava os coletes" e as individualidades resolviam. O jogo cada vez mais coletivo de hoje exige um profissional que sabia criar hábitos e comportamentos nos jogadores que reproduzam um conceito e um senso maior de equipe e de jogar ideal. Só o treino para melhorar o jogo. E só o jogo para mostrar o que deve ser treinado.

Marcel Capretz é jornalista esportivo. Na foto, Carille, campeão brasileiro em seu primeiro ano como técnico do Corinthians

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

De zona ele entende: jundiaiense de olho na Presidência da República

Oscar Maroni se inspira em Tiririca e avisa que vai tentar sair como candidato para lugar de Temer

Estreia do bloco do Sombra ficou para novembro

Plano inicial era fazer um Carnaval em pleno inverno no Parque da Uva, mas…

Perfil falso que abalou eleição nos EUA usou foto de jundiaiense

“The New York Times” esclareceu mistério com ajuda do site “G1”

Véspera de feriado pra se embelezar e ajudar o Grendacc

São 21 salões de cabelo, estética e unha que estão na campanha “Glamour pela Vida”
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.