Jundiaqui
Jundiaqui

A primeira vítima da mudança na regra do futebol

Jundiaqui
2 de março de 2018
Por Rafael Porcari

Há algum tempo, quando mudou a questão da “paradinha” nas cobranças de pênalti na Regra do Futebol, eu estava ansioso de ver o debute de tal nova orientação e a reação dos atletas e torcedores.

Hoje, você pode fazer a paradinha enquanto corre para a execução do tiro penal (igual ao que Neymar faz em suas cobranças, desacelerando e depois chutando), o que não pode é parar definitivamente no momento do toque. Se o cobrador fizer isso, o gol é anulado e o executor recebe cartão amarelo, sendo que o pênalti se transforma em tiro livre indireto para o adversário.

Achou punitivo demais?

Imagine estando 0 x 0 em um Corinthians e Palmeiras, aos 45 minutos do segundo tempo Kazim (supostamente com cartão amarelo) vai cobrar um pênalti, dá a paradinha proibida e sai o gol? Juizão tem que anular o gol, dar falta ao time palmeirense e aplicar o segundo amarelo (e, consequentemente, o vermelho) ao jogador corintiano. O pau vai comer!

Aconteceu tal situação assim na partida Tottenham 6 × 1 Rochdale pela Copa da Inglaterra, com a arbitragem de Paul Tierney. A expressão de inconformismo e até mesmo “gozada” do cobrador dos Spurs, o coreano Son (Assista), após ter seu gol anulado e receber o amarelo, sem entender a regra do jogo, é impagável!

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

“Familya Monstro” é diversão no parque da Cidade

Com A Peste Cia Urbana de Teatro, tem apresentação neste domingo 10 horas, com entrada franca

Maxi ensina as torcedoras como customizar camiseta do Brasil

Cursos do shopping têm ainda dicas para a maquiagem e pinturas de unhas para jogos do Brasil na Copa

Maio com cursos deliciosos no Maxi Shopping

Tem festival de caldos e de risotos, além de receitas sem glúten e sem lactose, salgados e sobremesas veganos

Chupa que é de Uva apresenta sua Corte do Carnaval 2018

Roberta Spexoto é a rainha do bloco, que festejou ao som do Sombra e de bateria
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.