Jundiaqui
Jundiaqui

Que a bola processe a todos!

Jundiaqui
6 de abril de 2018
Por Rafael Porcari



Dias atrás, ouvi o jornalista Flávio Prado brincar que o último Majestoso do Paulistão foi tão feio que a bola deveria processar os jogadores, de tanto que a judiaram. PERFEITO!

Parafraseio o Flávio para falar sobre o primeiro jogo entre Corinthians 0x1 Palmeiras da Final. Foi um jogo que simboliza perfeitamente o Brasil de hoje: ninguém quer jogar bola, todo mundo quer reclamar, falta competência e, quando se consegue alguma coisa, acomoda-se!

Cadê o futebol brasileiro de outrora? Me recordo que quando se falava de futebol inglês, imediatamente se pensava no “chuveirinho” e no jogo monótono. Hoje, que diremos?

Corinthians e Palmeiras maltrataram a bola. Leandro Bizzio Marinho maltratou o apito, ou melhor, os cartões. O árbitro demorou para se acertar na parte disciplinar e, quando o fez, deu um cartão atrás do outro. Quanto a parte técnica, nada a reclamar, afinal, não foi exigido (pois jogo-jogado, não teve).

Meu medo é esse: como as crianças se animarão em vestir a camisa dos times nacionais com esse show de horrores, ao invés das do Barcelona e PSG?

Pobre futebol brasileiro… e com a cartolagem atual, nada vai mudar.

Derby ou família?

Sim, estou fazendo uma “média” com a patroa (é brincadeira, escrevo a sério). Depois de uma semana puxada de trabalho, com vários problemas (e ainda bem, com soluções encontradas), não trocarei minha tarde deste domingo (8) com a esposa e filhas por futebol!

Desconectando de celular, computador e relógio, vou curtir a casa e torcer para que o trio de amigos formado por Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Anderson José de Moraes Coelho e Daniel Ziolli faça uma excepcional arbitragem na decisão (difícil de se trabalhar) entre Palmeiras x Corinthians. Claro, e que as equipes joguem somente futebol.

Aliás, com a qualidade do jogo que os times brasileiros têm demostrado, é loucura trocar o sorriso das pessoas incríveis do meu lar por uma partida de futebol, né?

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Foi só promessa mesmo. Ministro nega mudanças para Grendacc

Verci Bútalo se reuniu com Ricardo Barros e ouvi que não haverá dinheiro do SUS

Dupla mineira lança livro “Jardins da Arara de Lear” em Jundiaí

Gustavo Nolasco e o fotógrafo João Marcos Rosa estarão na Coopercica nesta quinta

Trio em Transe volta pra balançar o Café Racer

Sábado tem show com muita MPB agitada e também aquele reggae maneiro

E o cinema que virou banco agora é templo evangélico

Santander sai do prédio que já foi Cine República e entra a Igreja Mundial do Poder de Deus
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.