Jundiaqui
Jundiaqui

Tainá Paixão, a jundiaiense que é ouro no basquete do Pan

Jundiaqui
13 de agosto de 2019
Ela defendeu o Divino, assim como Aline Moura, Isabela Ramona e Tatiana Pacheco, que brilharam em Lima

A seleção brasileira de basquete feminino fez história em Lima. Após 28 anos, as brasileiras voltaram a colocar a medalha de ouro no peito nos Jogos Pan-Americanos, vencendo na final os Estados Unidos e tendo uma jundiaiense como cestinha, Tainá Paixão.

Tainá vestiu a mesma camisa número 8 que um dia foi de Magic Paula, jogadora na lista dos imortais do nosso basquete e que estava naquela seleção campeã do Pan em 1991. Mais curiosidade? Tainá nasceu naquele ano de 91.

Além da armadora daqui e que hoje defende o clube Sampaio Basquete, do Maranhão, passaram pelo time do Divino outras três jogadoras: Aline Moura (ala/pivô) do Sesi Araraquara), Isabela Ramona (ala/armadora) do Uninassau/Cabo de Santo Agostinho e Tati Pacheco (ala), outra do Sampaio Basquete.

Na final de sábado (10), Tainá Paixão fez uma partida impecável na marcação e ainda foi cestinha com 24 pontos. Além disso foram sete rebotes e três assistências. O Brasil passou invicto no Pan.

Tainá esteve nos Jogos Olímpicos de 2016.

O Pan de Lima marcou a estreia do treinador José Neto, sendo o quarto título brasileiro na história: além de 1991 em Havana/Cuba, ganhou em 1967  Winnipeg/Canadá e 1971 Cali/Peru.

Paula não nasceu em Jundiaí e sim em Piracicaba, mas fez história como a maior de todas que vestiram a camisa do Divino.



Fotos: Divulgação COB

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Crônica da Cozinha – Temporalidade

Pelo chef Manuel Alves Filho

Festa da Uva de bola cheia no quesito diversão

Clara Cerioni traz um álbum de fotos de um final de semana animado em Jundiaí

Jundiaí participa do “Ciência Aberta” no debate sobre envelhecimento

Programa feito em parceria com o jornal “Folha de S.Paulo” destaca  Jundiaí

“Roda Carioca” dia 26 traz o sambista Chico Alves ao Casa Cica

Vai ter comidinhas deliciosas que fazem sucesso no Rio de Janeiro e muita animação
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.