Jundiaqui
Jundiaqui

Táynna vai derrubando as adversidades com socos

Jundiaqui
13 de março de 2018
Paraense que mora em Jundiaí é uma colecionadora de títulos amadores e agora vai se profissionalizar

Táynna Taygma Santos de Cardoso chega aos 29 anos com punhos de aço e vai colocar isso à prova em 7 de abril. Soma 200 combates amadores com apenas 15 derrotas, passando agora para o profissionalismo em luta marcada para o Bolão. E o melhor: já vale título.



Treinada pelo pai, seu Luís Cardoso, ela coleciona medalhas de ouro seguidamente: campeã paraense em 2005, mudou-se para São Paulo e desde 2007 até 2016 sempre venceu no paulista e no brasileiro (nas categorias 51, 54, 57 e 60 kg). Ganhou ainda um bronze no evento teste para os Jogos Olímpicos do Rio-2016, embora não tenha ido à Olimpíada. No ano passado, foi campeã na França e no Canadá.



A paraense que está em Jundiaí desde 2009 (na foto abaixo na Igreja) e defende o Clube Nacional, da Vila Arens, iniciou a carreira aos 15 anos. Sua trajetória profissional começa na disputa com Simone Duarte, 34 anos, pelo título - que está vago -  brasileiro do Conselho Nacional de Boxe, braço da Organização Mundial de Boxe.



Sete lutas

O Ginásio Municipal de Esportes Dr. Nicolino de Lucca, o Bolão, vai viver um dia de boxe em 7 de abril. Além de Táynna versus Simone, haverá disputa, no principal, entre Patrick Teixeira, de Santana do Parnaíba, e Davi ‘El Loco’ Eliasquevici, de Santa Catarina, valendo o título latino-americano dos supermeio-médios pela OMB.

A partir das 17 horas, o torcedor poderá acompanhar as seguintes lutas preliminares: Supergalo – Hugo Paiva da Silva x Tiago Vieira Saraiva; Médio – Lucas Veloso Araujo x Janio Carvalho Santos; Superpena – Helio Florentino Moura Junior x Wendel Rafael da Costa Santos; Supermédio – Rogério Pereira x Jonathan Santos de Souza; Superpena – Agnaldo Nunes Magalhães x Lucas de Oliveira da Silva.

Os ingressos custam R$ 60,00 para arquibancada e R$ 70,00 cadeiras, indo a R$ 100,00 para área vip dentro da quadra, mas tem meia-entrada para estudantes, idosos e para quem doar um quilo de alimento não perecível. À venda nas Lojas Barrage do Centro e Maxi Shopping.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Tapetes

Por André Kondo

De brigadeiro a cuscuz, passando por pizzas nos cursos do Maxi

Aprenda a fazer algumas delícias para a Primavera que se aproxima

Receitas sem glúten e sem lactose nos cursos do Maxi

Preocupado com seu filho tanto tempo no celular? Tem bate-papo sobre isso também

Tayná garante título brasileiro em sua estreia

Luta no Bolão foi decidida por pontos. Popó festejou conquista da atleta do Clube Nacional
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.