Jundiaqui
Jundiaqui

Vai ter lance perdido pela arbitragem na Copa do Mundo?

Jundiaqui
22 de abril de 2018
Por Rafael Porcari

Para a Copa do Mundo, a FIFA anunciou que terá 33 câmeras por jogo e 4 VARs. Nos estádios, haverá telão onde a TV mostrará (ou melhor, transmitirá) as imagens da decisão dos árbitros aos torcedores.

Transparência maior do que essa, somente se o áudio fosse aberto ao público, como em alguns outros esportes nos quais os torcedores ouvem a conversa toda.

Seria utopia imaginar que na Copa de 2022, no Catar, teremos o som disponibilizado (ao menos que com um tempo depois) como é feito na Fórmula 1 (onde tudo é gravado entre pilotos e equipes depois do advento da Ferrari pedir a Rubens Barrichello para deixar Michael Schumacher ganhar uma determinada prova)?

Enquanto isso por aqui...

Árbitro de Vídeo no Brasileirão: a CBF vai ceder ou não? É claro que não, em que pese Palmeiras e Flamengo reclamarem e solicitarem o recurso no Brasileirão de 2018 e isso depois que a própria confederação refutou a implantação do VAR no começo do ano pela decisão colegiada dos clubes.

Eis os empecilhos que apontam: Não se pode utilizar com campeonato em curso, pois a regra tem que ser uma só o torneio inteiro e o Brasileirão já começou.  O Brasil não tem árbitro treinado em quantidade suficiente para tantos jogos e não há equipamento a disposição. E mais: não se deve usar a mesma geração de imagens da TV aberta (a FIFA e outras entidades usam sua própria geradora, além da contratação de terceiros). Enfim, novamente é um grande “blábláblá” que vem desde 2016 e vai seguir sabe-se lá até quando.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Leões da Hortolândia leva o bi das escolas de samba

Com 89,25 dos 90 pontos possíveis, é a vencedora do Carnaval de Jundiaí

Te odeio, Carmenere

Por Tiago Ribeiro

Toda a elegância do samba de Márcia Mota

Depois de três anos ela voltou a se apresentar e emprestou seu brilho ao aniversário do JundiAqui 

República da ineficiência. Até quando?

Por Nelio Fernando dos Reis
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.