Jundiaqui
Jundiaqui

Festa da Uva abre uma janela para você ir aos bairros rurais

Jundiaqui
1 de fevereiro de 2018
São 4 saídas ao dia, em ônibus para 46 pessoas, com vista ao Caxambu, Castanho, Terra Nova e Traviú

Muitos visitantes da Festa da Uva estão aproveitando para dar uma esticadinha e ir conhecer nossa zona rural, onde vêm a uva no pé e degustam vinho e outras delícias. São os passeios turísticos oferecidos pela Mania de Trilha e Tour Jundiahy. Uma terceira agência, a Rizzatour Turismo, optou por apenas usa a festa como divulgação de seus passeios e também das belezas da cidade.

Ir ao campo e conhecer as tradições, a culinária, ver as frutas frescas direto do pé, atrativos cercados pela hospitalidade característica da roça, são os chamativos das agências. O investimento é de R$ 15,00 (menores de cinco anos não pagam) para visitar roteiros rurais de Jundiaí, que se completam pelas adegas de produção de vinho artesanal e pela cultura italiana tão presente na região.

São quatro saídas neste sábado (3) e no domingo (4), em ônibus com 46 lugares. A Tour Jundiahy tem saídas às 11h30 e 14h. Já a Mania de Trilha tem passeios às 12h e às 15h. Os destinos são Caxambu e a Rota da Uva, Terra Nova, Traviú e Castanho.



"É um público bem diversificado que vem curtindo o passeio, desde famílias com crianças, jovens casais e até os vovôs. Esse pessoal vem de fora ou mudou para a cidade e quer conhecê-la melhor", diz Fátima Rizatto (foto abaixo), diretora da Rizzatour e presidente do Comtur Jundiaí,  nosso conselho de turismo.

Ela dá a dica aos interessados: que não esperem muito próximo ao horário de embarque para reservar passagem, porque é grande a procura. O passeio leva cerca de duas horas.



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Danilo Gentili diz que vai adorar se Jundiaí censurar seu filme

Ator veio ao Maxi Shopping para pré-lançamento de “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”

Adeus a Regina Wacked: beleza e maciez de uma voz que se cala

Por Clarina Fasanaro

Sábado de Pedágio do Bem para o Grendacc

Voluntários vão pedir ajuda para Hospital da Criança em 4 pontos de Jundiaí e um em Campo Limpo

Fragmentos de mata, afrofuturismo e os índios

Por José Arnaldo de Oliveira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.