Jundiaqui
Jundiaqui

Escola colhe uva fina para vinho tão doce quanto as do Chile

Jundiaqui
20 de setembro de 2017
Alunos da Etec Benedito Storani fazem colheita de inverno histórica



Alunos do curso de Agropecuária da Etec Benedito Storani, o popular Colégio Agrícola de Jundiaí, fizeram nesta terça-feira (19) a primeira colheita de uvas finas viníferas produzidas em Jundiaí das variedades Malbec, Cabernet Franc e Syrah.

A plantação é na própria escola, nos pés da Serra do Japi e o resultado surpreende. Eduardo Alvarez, ex-diretor da escola e gestor de Agronegócio, contou que “foram colhidas uvas com brix (quantidade de açúcar) de nível 24, um índice excelente obtido, por exemplo, na Argentina e no Chile”.



Depois de colherem as uvas nas parreiras, os estudantes fizeram o desengaçamento (separar o bago dos cachos) e a seleção dos grãos, com supervisão do professor Adilson Amatto.

“Agora será feita a fermentação do vinho por cinco dias e então faremos a separação do líquido transformado em álcool. Com o brix obtido o vinho produzido deverá ter um índice de 14,4% de álcool natural, o que é excelente”, afirmou.

Os vinhos que começaram a ser produzidos agora deverão estar prontos para o consumo em cerca de um ano.



O especialista em vinhos Didú Russo veio conhecer a plantação e aprovou. Na foto, ele com Gilberto Freitas, Eduardo Alvarez e Márcio Marson.

Fotos: reprodução facebook de Adilson Amatto
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Lojas do Maxi esticam horário para a Black Friday

Consumidor ainda concorre a dois carros nas compras acima de R$ 350,00

Festa do Vinho começa no dia de Santo Antônio

Cidade tem longa tradição e quer mostrar o melhor das adegas em junho

O meu “Bom Dia”

Por Wagner Ligabó

Bença mãe, bença pai!

Por Nelson Manzatto
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.