Jundiaqui
Jundiaqui

30 anos atrás invenção de jundiaiense já facilitava a vida na cozinha

Jundiaqui
15 de março de 2019
Arnaldo Rojek foi quem criou e patenteou a tampa abre-fácil, que a gente vê em copos de requeijão e outros

Corria o ano de 1989 e o industrial jundiaiense Arnaldo Rojek entrava para a história com uma ideia inovadora no mercado em que era pioneiro no país, o da fabricação em larga escala de embalagens metálicas para indústrias de conservas: a tampa abre-fácil, ainda hoje, depois de 30 anos do lançamento, uma grande aliada na cozinha.

Arnaldo criou um sistema de fechamento a alto vácuo para vidros e latas com abertura simples, dispensando o uso do abridor. Com a abre-fácil, basta retirar o lacre externo de plástico para desfazer o vácuo e soltar a tampa que tem um pequeno furo ao centro. Muitos produtores de requeijão, de molho de tomate, de geléias, por exemplo, usam esse sistema em seus copos de vidro com tampa metálica.

Arnaldo Rojek, já falecido, começou sua carreira profissional na Companhia Paulista de Estradas de Ferro, depois trabalhou na Cica e foi sócio da Laticínios Mococa e, na década de 1960, constituiu a Metalgráfica Rojek, em Cajamar, onde seus filhos mantêm a produção com cerca de 700 funcionários. A abre-fácil é patenteada.

O inventor, que dá nome a uma grande avenida em Cajamar, fez somente o curso primário e outro de desenhista mecânico, decisivo para suas atividades.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Claro que acabou em Carnaval a Festa das Nações do Celmi

Mais de 200 alunos se uniram em um projeto para homenagear os países

“Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena”

JundiAqui te convida para um passeio pela exposição “Perambular”, em cartaz no Sesc Jundiaí

Renovação é marca da presidência de Lucinha no Clube da Lady

Presidente dos últimos quatro anos destaca ainda união e ação social forte em seu mandato

12ª Parada do Orgulho LGBT de Jundiaí

Por Kelly Galbieri
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.