Jundiaqui
Jundiaqui

30 anos do shopping de Jundiaí: simplesmente o MAXI

Jundiaqui
24 de outubro de 2019
“Acreditar que iria dar certo foi o grande motivador”, afirma o diretor André Latorre Noronha

O Maxi Shopping Jundiaí tornou-se em 24 de outubro de 1989 um marco da cidade e também no cenário brasileiro de centros comerciais. Mas, há 30 anos, a ideia de um shopping center parecia uma ousadia - não havia o hábito de fazer compras e dispor de serviços e entretenimento num mesmo local.

O público passou a frequentar o empreendimento e o Maxi passou a oferecer sempre e cada vez mais opções para suprir as necessidades do jundiaiense, fama que ultrapassou fronteiras municipais e foi atraindo consumidores de mais de uma dezena de cidades no nosso entorno. É que sua localização, com fácil acesso à ampla malha rodoviária de Jundiaí, coloca em sua área de influência regional também cidades das regiões de Campinas, Atibaia e São Paulo.

Com 240 lojas, incluindo algumas das mais importantes âncoras do mercado, os números de 2019 comprovam todo o sucesso: 900 mil visitantes por mês. O número crescente, cabe dizer, é resultado da modernização contínua do espaço, que foi aumentado em 2003 e praticamente dobrou o número inicial de lojas e, consequentemente, sua capacidade para bem atender.

Já em 2009, remodelou profundamente a estrutura interna e multiplicou as vagas de estacionamento, em grande parte cobertas. E, no ano seguinte, todo o sistema viário externo, incluindo uma nova ponte sobre o rio Jundiaí, foi reformulado em parceria com a Prefeitura Municipal para oferecer mais rapidez e segurança de acesso e prevenir impactos urbanos.

Esse crescimento sustentável buscado pelo Maxi Shopping Jundiaí está presente ainda na meta permanente do “tenant mix” – ou o equilíbrio da distribuição de serviços e produtos, alcançado em 2010.

Entre os efeitos desse cuidado estão uma praça de alimentação de 1.262 lugares ou o Cinema da Moviecom. E, claro muitos eventos, feiras, cursos e promoções ao longo de todo o ano.

Foi essa concentração de atrativos que tornou o Maxi Shopping Jundiaí também um dos protagonistas do crescimento da própria cidade como polo econômico, cultural e turístico ao longo das três décadas recentes. E que faz antigas e novas gerações sonharem...

“Foi e sempre será um trabalho de equipe. O sucesso foi alicerçado em muito trabalho e dedicação. Acreditamos que, mesmo nos momentos difíceis, tudo iria dar certo. E contamos sempre com o público de Jundiaí e das cidades circunvizinhas. A história do Maxi Shopping se mescla com a história de muitas pessoas. É hora de comemorar”, acrescenta André.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Alimentação ou fome?

Pelo chef Manuel Alves Filho

Quinta tem Gala do La Bella Arte no Polytheama

Escola de dança leva ao palco cerca de vinte coreografias de balé, jazz…

Coopercica reinaugura loja do Jardim Cica, mais bonita e funcional

Açougue ganha espaço nobre nesta que foi a primeira unidade da cooperativa que está em festa por seus 50 anos

Despacito, por favor

Por José Arnaldo de Oliveira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.