Jundiaqui
Jundiaqui

Celmi e Fapesp fazem pesquisa científica sobre melhorias no envelhecer

Jundiaqui
3 de setembro de 2019
Jundiaienses vão trabalhar o semestre com games para que sejam avaliados na atenção, memória, linguagem etc

 

O Celmi - Centro de Educação e Lazer para a Melhor Idade, em parceria com o ISGames, começou em Jundiaí a pesquisa “Utilização de games visando estimulação cognitiva em população acima de 50 anos”, apoiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, a Fapesp.

 

A pesquisa abrange um centena de pessoas em mais três segundas-feiras (começou neste dia 2 de setembro), para serem reavaliadas em seis meses, em entrevistas das pesquisadoras Carla Oda, Fabiana Satiro e Maria Elisa de Silveira Monteiro.

A pesquisa é em cima dos resultados para o cérebro que trazem o uso e especialmente o desenvolvimento direto de videogames pelo público da terceira idade.

Na verdade, trata-se de uma segunda etapa. Na primeira, feita em outras cidades, o foco foi concentração e raciocínio lógico. Agora, o objetivo é analisar as diferenças que ocorrem em seis meses na atenção, memória, linguagem, habilidades viso-construtivas, conceituação, cálculo e orientação, além de mudanças no estado depressivo após a estimulação para o uso diário (de 30 minutos a 2 horas) do aplicativo desenvolvido pela ISGames e agora disponível aos alunos do Celmi.

“Estamos a caminho de completarmos vinte anos em 2020, mas precisamos nos manter atualizados com as inovações”, afirma Orlinda Silva, gerente do Celmi.

Mais informações pelo telefone (11) 4523-0467 ou whatsapp 97096-5687. O Celmi fica na avenida União dos Ferroviários, 2.100, Complexo Fepasa.

 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Panettone grelhado, sorvete de creme e zabaione de champagne

Por Paulo de Luna

Jundiaiense Guilherme Salas lidera com folga na Stock Light

Com vitória em Interlagos, piloto acelera rumo ao título

Ex-fuzileiro naval e juiz federal, jundiaiense concorre a governador

Wilson José Witzel morou na Ponte São João até os 19 anos e agora estreia na política no Rio de Janeiro

Falta alguém em nossa vida

Por José Renato Nalini
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.