Jundiaqui
Jundiaqui

Em julho tem Feiccad no Maxi Shopping

Jundiaqui
22 de junho de 2019
Feira da Construção e do Imóvel é promovida por Adelson Lopes e sempre gera muitos negócios

Viviane Rodrigues

A Feiccad – Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração chega a sua 16ª edição em 2019 como a maior feira da construção civil do interior paulista. Organizada pela Adelson Eventos, a Feiccad acontece nos dias 18, 19, 20 e 21 de julho, no piso G3 do Maxi Shopping Jundiaí, com a expectativa de atrair mais de 7 mil visitantes nos quatro dias de evento.

Com cerca de 60 expositores dos mais diversos segmentos, a feira se consolidou nestes 16 anos como uma grande vitrine para exposição e lançamentos de produtos, serviços e geração de negócios para diversos segmentos, tais como lançamentos imobiliários, imóveis prontos, consórcios, móveis planejados, mármores e granitos, gesso, paisagismo, persianas, piscinas, marcenaria, revestimentos, decoração, sistemas de segurança, portaria inteligente, energia solar, gerenciamento de obras, entre outros.

“Ao longo dos anos, a Feiccad se destaca no calendário desses setores como referência no interior paulista, conquistando a confiança dos expositores, que reservam a cada edição novidades com lançamentos previstos estrategicamente para a feira”, pontua o diretor da Feiccad, Adelson Lopes.

Uma novidade desta edição é a realização de um projeto, em parceria com a Proempi (Associação das Empresas e Profissionais do Setor Imobiliário de Jundiaí e Região), voltado para condomínios com estandes de produtos e serviços para o segmento.

Expectativa

Apesar do momento econômico delicado, a expectativa para esta edição é movimentar cerca de R$ 10 milhões de reais. Segundo Lopes, a redução das taxas de juros para financiamento de imóveis pela Caixa, anunciada recentemente, deve impactar positivamente as vendas de imóveis.

Já em vigor, a taxa passou de TR+8,75% para TR+8,5%, ou seja, queda de 0,25 ponto percentual para os empréstimos concedidos por meio do Sistema Financeiro de Habitação. Pelo sistema, que financia imóveis de até R$ 1,5 milhão, a pessoa pode usar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Para o Sistema Financeiro Imobiliário, utilizado para financiar imóveis acima de R$ 1,5 milhão, a taxa cairá de TR+9,75% para TR+8,5%, redução de 1,25 ponto percentual. Já os empréstimos para clientes sem nenhum tipo de relacionamento com a Caixa, chamada "taxa de balcão", os juros passam de TR+11% para TR+9,75%.  “Com a redução da taxa de juros do crédito imobiliário pela Caixa, o momento é propício para quem deseja adquirir um imóvel. Na Feiccad teremos uma grande variedade de lançamentos imobiliários, imóveis prontos e terrenos de construtoras e incorporadoras com credibilidade no mercado”, informa Lopes.

Palestras

Paralelamente à exposição de produtos e serviços do setor da construção civil, a programação da 16ª Feiccad inclui o Ciclo de Palestras, voltado a empresários, engenheiros, arquitetos e o público consumidor, em um auditório montado dentro da feira.

Temas relevantes ao setor serão tratados por especialistas durante os quatro dias de evento. A programação completa pode ser acessada no site do evento. “O Ciclo de Palestras já é uma tradição da feira e vem para reforçar a programação. Além dos principais lançamentos e novidades do setor, o visitante também vai encontrar muita informação”, destaca Lopes.

A 16ª Feiccad tem entrada gratuita mediante credenciamento online, que dá acesso à feira sem fila. Basta se cadastrar antecipadamente pelo site www.feiccad.com.br.

Serviço

16ª FEICCAD – Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração
Data: 18 a 21 de julho
Horário: Dias 18 (quinta-feira) e 19 (sexta-feira), das 15h às 22h; dia 20 (sábado) das 12h às 22h; e dia 21 (domingo) das 12h às 20h
Local: Piso G3 do Maxi Shopping Jundiaí
Endereço: Av. Antonio Frederico Ozanan, 6.000, Vila Rio Branco – Jundiaí/SP
Gratuito com credenciamento online pelo site www.feiccad.com.br
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Prefeitura define Banco do Brasil para cobrar multas, mas adia uso de radares

Os equipamentos deveriam sair da fase de testes para entrar em funcionamento normal neste 1º de abril

Rita Cerioni inova e faz sucesso com diálogo entre psicologia e música

“Psiquê em Música” ajuda a traduzir as dores da alma; procura abre nova apresentação em setembro

passo a passo

Por José Renato Forner

Entrada ou principal?

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.