Jundiaqui
Jundiaqui

Padre, pastor, dono de bordel, ex-prefeito… todo mundo quer seu voto

Jundiaqui
22 de agosto de 2018
JundiAqui traz 21 nomes que concorrem nas eleições a deputado estadual ou federal por Jundiaí e região

Edu Cerioni

Com só quatro mulheres na disputa, a região de Jundiaí tem 21 candidatos na corrida eleitoral de outubro próximo. Treze tentam vaga como deputado federal e oito a estadual. E tem de tudo um pouco...

Só de ex-prefeitos são três, dois de Jundiaí: Miguel Haddad, que busca a reeleição para a Câmara Federal, e Pedro Bigardi, na tentativa de voltar à Assembleia Legislativa de São Paulo. Outro é Eduardo Tadeu Pereira, que comandou Várzea Paulista e agora quer lugar em Brasília.

Tem padre e pastor com nomes nas urnas. O padre é Silvio Andrei, que comandou paróquias de Pirapora do Bom Jesus e Salto. Silvio usa o padre antes do nome, mas foi afastado da Igreja pelo bispo Dom Vicente Costa. O pastor é Miguel Arcanjo Cabeleireiro.

O dono de bordel nascido em Jundiaí é Oscar Maroni, que comanda o Bahamas Club de São Paulo. Nem deve fazer campanha por aqui, onde nasceu (é da Ponte São João), mas deve colher alguns votos mesmo assim. Polêmico, já disse que queria ser presidente e até distribuiu cerveja de graça quando Lula foi preso.

Tem professor e professora, tem vereador e ex, vice-prefeito, enfermeira e outros de olho no seu voto. Confira quem são:

CARLA BASSON

A coronel da PM Carla Basson é de Jundiaí e concorre a vice-governadora na chapa de Paulo Skaf (MDB). A dupla começou sua caminhada eleitoral aqui por Jundiaí nesta segunda-feira (20). Atraiu um bom público ao Calçadão e já se envolveu em polêmica: um advogado pede impugnação da candidatura da policial, alegando que ela deveria ter se desligado do cargo três meses antes da votação, ou seja, 7 de julho, mas Carla saiu apenas em 24 de julho. Agora fica a decisão para a justiça eleitoral.



Fotos: reprodução Internet

 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Vila Rio Branco se despede do seu Batista do mercadinho

Ele começou seu negócio como quitanda e durante cinco décadas atendeu a freguesia do bairro

Aula no Celeti: maquiagem não tem regra, mas tem técnica

Ana Lúcia Soares ensina como as mulheres podem ficar ainda mais bonitas

Pochet inaugura fábrica em Jundiaí

Empresa fica no Fazenda Grande e contratou 650 funcionários

Sotaque francês na telona do Maxi sábados e domingos

Moviecom Arte traz “Perdidos em Paris” abrindo a programação de setembro
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.