Jundiaqui
Jundiaqui

Faouaz Taha será 30º a assumir presidência da Câmara Municipal

Jundiaqui
1 de janeiro de 2019
Vereador mantém os tucanos no poder, sequência que só foi quebrada uma única vez nos últimos vinte anos

Sai Gustavo Martinelli e assume Faouaz Taha a cadeira de presidente da Câmara Municipal de Jundiaí a partir de 2019 (o ano legislativo começa em 1º de fevereiro) e até final de 2020.

Professor de Educação Física que comandou o Centro Esportivo Antonio Ovídeo Bueno e dono de comérico no Centro, aos 30 anos de idade ele é o trigésimo nome na lista da presidência, história que começou com Amadeu Ribeiro Junior em 1948 e que até hoje só teve uma mulher, Ana Vicentina Tonelli.

Taha mantém a domínio do PSDB no comando da Casa de Leis: o partido foi criado aqui em 1989 e teve seus primeiros quatro vereadores eleitos em 1993. Os tucanos chegaram em 1997 à presidência com Oraci Gottardo e até hoje só deixaram a cadeira escapar um vez, entre 2013-2014, com o então petista Gerson Sartori.

O novo presidente foi candidato a vereador sem conseguir a vaga em 2012 (teve 1.103 votos pelo DEM) e se elegeu em 2016, já pelo PSDB, com 1.568 votos - foi o décimo nono entre os 19 eleitos.

Já ocuparam o cargo de vereador em Jundiaí mais de 200 pessoas, algumas reeleitas seguidamente, como no caso do já falecido Doca (Antonio Carlos Pereira Neto), o recordista com nove mandatos, que também foi presidente da Câmara.

 

Taha obteve 16 votos de um total de 19, sendo que Romildo Antônio da Silva (PR) recebeu três votos.

Eis o que Taha aprovou nos dois últimos anos:

Projeto de lei 12.450/2018

Prevê disponibilização, no site da Prefeitura de Jundiaí, de ferramenta de consulta dos contribuintes à sua situação fiscal. O texto foi aprovado, por 12 votos favoráveis, em sessão do dia 02/10/2018.

Projeto de Lei 12.534/2018

Altera a Lei 5.563/2000, que criou o Perímetro Escolar, para ampliar o rol de vedações à instalação de estabelecimentos comerciais na área e fixar sanções. O texto foi aprovado, por 16 votos favoráveis, em sessão do dia 14/08/2018.

Projeto de Lei 12.329/2017

Veda fogos de artifício no Território de Gestão da Serra do Japi. O texto foi aprovado, por 17 votos favoráveis, em sessão do dia 29/05/2018.

Projeto de Lei 12.474/2017

Institui e inclui no Calendário Municipal de Eventos a “Corrida AT Run – Para que os Surdos Falem” (último domingo de setembro). O texto foi aprovado, por 13 votos favoráveis, em sessão do dia 24/04/2018.

Projeto de Lei 12.336/2017

Regula a exposição de produtos alimentícios ultraprocessados em estabelecimentos comerciais e dá providência correlata. O texto foi aprovado, por 14 votos favoráveis, em sessão do dia 10/04/2018. O projeto, porém, foi vetado pelo Executivo e, em sessão do dia 15/05/2018, o veto foi mantido pelos vereadores.

Projeto de Lei 12.364/2017

Prevê corpos artísticos estáveis do município. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 27/02/2018.

Projeto de Lei 12.270/2017

Autoriza cobrança, de concessionárias de estradas e rodovias, de despesas médicas e hospitalares em razão de atendimento às pessoas removidas nas situações que especifica; e dá providências correlatas. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 10/10/2017. O projeto, porém, foi vetado pelo Executivo, mas em sessão do dia 21/11/2017, o veto foi derrubado.

Projeto de Lei 12.366/2017

Altera a Lei 8.527/2015, que permite manifestações culturais de rua nos locais e condições que especifica, para excluir de sua incidência os artesãos e reformular a permissão de comercialização de bens. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 17/10/2017.

Projeto de Lei 12.346/2017

Institui o Programa de Incentivo à Aprendizagem e Prática de Jogos de Tabuleiro por Crianças e Idosos. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 07/11/2017.

Projeto de Lei 12.355/2017

Institui a ‘Campanha de Valorização à Vida e Prevenção ao Suicídio’. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 03/10/2017.

Projeto de Lei 12.279/2017

Veda, em área situada no Bairro Aeroporto, entre a Avenida Antonio Pincinato e a Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, pelo prazo que especifica, procedimentos administrativos para fins imobiliários e correlatos. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 08/08/2017.

Projeto de Lei 12.267/2017

Institui e inclui no Calendário Municipal de Eventos o ‘Dia Municipal de Prevenção ao Suicídio’ (10 de setembro). O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão do dia 27/06/2017.

Projeto de Lei 12.242/2017

Veda fogos de artifício e artefatos pirotécnicos de efeito sonoro. O texto foi rejeitado, por 12 votos contrários e 5 favoráveis, em sessão do dia 20/06/2017.

Proposta de Emenda à Lei Orgânica 126/2017

Prevê, à Guarda Municipal, realização de ações de segurança junto a escolas.
O texto foi aprovado, por unanimidade em primeiro e segundo turno, em sessões ordinárias dos dias 14/03/2017 e 18/04/2017. A norma foi promulgada como Emenda à Lei Orgânica 69/2017 no dia 19/04/2017.

Projeto de Lei Complementar 1.013/2017

Altera o Código de Obras e Edificações, para prever, nas edificações de uso público destinadas a permanência e circulação de pessoas, instalações adaptadas às pessoas ostomizadas. O texto foi aprovado, por unanimidade, em sessão ordinária do dia 21/02/2017.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Com Rosana Camargo em nova coleção para o Verão

JundiAqui traz as convidadas de desfile da loja Nova Opção em lançamento da Carmim

Novo pároco fala em vivermos tempos de esperança

Padre José Carlos nasceu em Guaporé (RS), mas está em Sao Paulo há quatro décadas

Maxi recebe a primeira edição da Mostra Mundi

Shopping de Jundiaí tem artesanatos de sete países à venda a partir de quart

R$ 5 mil esperam pela Rainha da Uva 2019

Inscrições estão abertas para meninas de Jundiaí que tenham entre 18 e 29 anos 
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.