Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaí tem morte por dengue; mosquito desafia o Brasil

Jundiaqui
11 de setembro de 2019
Todo cuidado é pouco com água parada em recipientes como pratos, garrafas, pneus, calha, laje e caixa d'água

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (11) que, de 30 de dezembro a 24 de agosto, foram registrados 1.439.471 casos de dengue em todo o país. A média é 6.074 casos por dia e representa um aumento de 599,5%, na comparação com 2018. No ano passado, o período somou 205.791 notificações.

Minas Gerais é, até o momento, o estado com o maior número de ocorrências, com um total de 471.165. Um ano antes, os municípios mineiros registravam 23.290 casos.

São Paulo (437.047) aparece em segundo lugar, sendo, ainda, a unidade federativa em que a incidência da doença mais cresceu (3.712%), no intervalo de análise. Em 2018, foram reportados 11.465 casos.

Em Jundiaí, um idoso de 90 anos morreu vítima de dengue na Vila Hortolândia. Atualmente, a cidade tem 2.860 casos da doença confirmados e outros 19 aguardando resultado.

Sarampo

Jundiaí também enfrenta neste começo de setembro a falta da vacina de sarampo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A preocupação é que o município está na lista das cidades com surto da doença.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Toda a delicadeza do Vietnã na charmosa Hoi An

Marcela Andrade Gomes segue sua aventura asiática no JundiAqui

Outras línguas na contação de histórias nas escolas

Jundiaí recebe o projeto “Eu Conto, Tu Contas – Uma viagem pela América Latina”

No teatro do Sesc, Jesus volta na pele de mulher transgênero

Sexta tem o monólogo “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu” 

Brasil In Conserto pronta para grandes obras

Banda escolheu a Fepasa e seus velhos trens como cenário para uma prévia de seu novo show
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.