Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaí vacina bebês a partir de 6 meses contra o sarampo

Jundiaqui
12 de agosto de 2019
Tríplice Viral é aplicada nos baixinhos em UBSs e Clínica da Família

Com 1 caso de sarampo confirmado e 28 suspeitos, Jundiaí passa nesta segunda-feira (12) a vacinar bebês a partir de 6 meses com a Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola), até então indicada para a partir de 1 ano de idade.

É para residentes em Jundiaí, por isso há exigência de comprovação de endereço, seja por conta em nome dos pais, contrato de aluguel ou carta assinada pelo proprietário do imóvel. Crianças que circulam por Jundiaí mas são de outros municípios, devem ser imunizadas na cidade em que moram.

Além dos baixinhos, há orientação de imunização para todas as pessoas nascidas a partir de 1960 que não tenham na carteirinha de vacinação o registro de duas doses no caso de quem tem até 29 anos e de uma dose para quem tem a partir de 30 anos de idade e até 59.

O sarampo é uma doença infectocontagiosa grave causada por um vírus (Morbilivirus), transmitida pelas secreções respiratórias. A doença voltou a circular no Brasil em 2018, a partir dos estados do Amazonas, Roraima, Pará, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas com duração mínima de três dias, podendo ocorrer lesões dolorosas na boca.

Nos casos graves há o acometimento do sistema nervoso central que pode complicar com infecções secundárias como pneumonia, podendo levar à morte. Os riscos são maiores para os desnutridos, os recém-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodeficiências.

Não tem mais a carteirinha? Na dúvida? Busque orientação na UBS mais próxima.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Projeto sobre Beatles põe professora na final do Educador Nota 10

Arabelle Barbosa Calciolari dá aulas de inglês na EMEB Maria Angélica Lorençon

Pai & mestre

Por José Renato Nalini

Chuí, aqui estamos nós

Por Eusébio Santos

Livro emociona com a riquíssima história de Jundiahy

Por José Arnaldo de Oliveira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.