Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaiense precisa de seu voto para ganhar o Educador do Ano

Jundiaqui
10 de setembro de 2019
 

Arabelle Calciolari é finalista do maior prêmio da educação básica brasileira com Beatles

A professora Arabelle Calciolari está entre os concorrentes do Prêmio Educador do Ano. Ela já figura entre os finalistas e garantiu um dos dez prêmios de R$ 15 mil ao Educador Nota 10. Seu trabalho, de língua estrangeira no 4º ano na escola EMEB Maria Angélica Lorençon, no bairro do Corrupira, chama-se "Os Beatles – seu tempo e sua história!". Agora, ela precisa de seu voto pela internet para conquistar a grande honraria e mais R$ 15 mil. Sua escola ganhou R$ 2 mil e sonha com mais R$ 5 mil agora.

Arabelle colocou em prática a visão de aprendizagem do idioma estrangeiro que prioriza a exposição dos alunos à língua autêntica e viva. Ela sabia muito bem onde queria chegar, mas modulou as etapas de sua sequência didática sobre os Beatles de acordo com a curiosidade dos alunos 4º ano, aguçada pelos materiais de qualidade levados para a sala aula.

A professora apresentou oito canções da célebre banda inglesa, cada uma por meio de exercício de listening diferente, variando as estratégias. Em seguida, as letras não foram traduzidas, aconteceram conversas sobre o que as crianças entenderam, construindo a compreensão de maneira coletiva. A história de cada composição, informações sobre o contexto das décadas de 1960 e 1970 e o engajamento político que a banda adotou foram acrescentadas por Arabelle e assim a turma entrou em contato com questões como a segregação racial e a guerra do Vietnã.

“Vi alunos emocionados ao término de vídeos com canções dos Beatles, interessados em entender o que foi a segregação racial e com vontade de conhecer mais sobre as músicas e as conquistas da banda”, afirma.

Para votar, clique aqui.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Galera ocupa o Escadão com “Batalha de Rap”

Ligação entre Centro e Vila Arens ganha vida à noite em Jundiaí, sempre elegendo um campeão

Quase mil crianças vão ficar fora de creches este ano

Pelos números divulgados pela Prefeitura de Jundiaí, são 2.352 inscritos para 1.382 vagas

Jundiaiense fala do medo que sentiu com terremoto no México

Gabriel Nunes conta sobre segundos que pareciam intermináveis de pânico coletivo

Por dentro da Black Friday do JundiaíShopping

Grandes descontos e sem correria, um diferencial que atraiu o jundiaiense
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.