Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaienses que brilham em toda parte

Jundiaqui
14 de dezembro de 2018
Nestes 363 anos, elegemos figuras de diferentes áreas para mostrar a versatilidade e o talento de nossa gente

São as mais diferentes personagens que em comum dão um brilho na vida do Brasil e do mundo.

Carla Borges colocou Jundiaí na história da aviação. É capitã da FAB - Força Aérea Brasileira - e se tornou a primeira mulher a pilotar um avião caça, isso em 2011, e também a primeira a comandar o avião presidencial do Brasil, transportando o presidente Michel Temer desde dezembro de 2016.

Rodrigo Koxa (Rodrigo Augusto do Espírito Santo ) é dono do recorde mundial por ter surfado a maior onda da história, com 24,38 metros de altura. Ganhou o Oscar do Surf.

Duília de Mello nasceu em Jundiaí e cursou Astronomia na UFRJ. Trabalhou no Space Telescope Science Institute, nos EUA e deu aulas na Suécia. Foi a cientista responsável pelo descobrimento da Supernova SN 1997D, em 1997, e marcou sua história na Nasa ao participar da descoberta das Bolhas azuis, que dão origem a estrelas fora das galáxias.

Fábio Perez é uma lenda do jornalismo. Foi o editor-chefe do "Jornal Nacional", o mais influente e famoso da TV brasileira, mesmo cargo que ocupou no "Globo Repórter" e no "Fantástico".

Max Gehringer é um especialista em marketing e escritor, é o consultor em carreiras número 1 do Brasil, dando dicas na TV Globo e na Rádio CBN.

Sérgio Roveri é dramaturgo e escritor. O autor jundiaiense com mais peças encenadas nos grandes teatros do Brasil.

José Renato Nalini foi secretário estadual de Educação e presidiu o Tribunal de Justiça de São Paulo, considerado o maior do mundo.

Fábio Zanon venceu os maiores prêmios internacionais do violão clássico, tendo feito mestrado na Royal Academy of Music em Londres, onde é professor visitante. Como solista ou camerista, se apresenta por todo o mundo, como no Carnegie Hall, em Nova York. Já fez turnê até pela Rússia.

Beto Brant é diretor de cinema e videoclipes premiados.

Wilson José Witzel entra para a história de Jundiaí como seu primeiro governador eleito. Não foi por São Paulo, mas sim nno Rio de Janeiro. Assume o Palácio da Guanabara em 1º de janeiro de 2019 para um mandato de quatro anos, com o desafio de combater a criminalidade, sua bandeira de campanha.

Nenê foi artilheiro do Campeonato Francês e jogou o Espanhol, tendo atuado no Brasileirão nos últimos anos por Vasco da Gama e São Paulo.

Bianca Bin começou em "Malhação" e bateu recorde na Globo ao emendar uma novela atrás da outra. Foi protagonista em

Carlos Mariano está no Guinness Book por conta de sua participação em "Trair e Coçar é só Começar", peça que está em cartaz a mais tempo no Brasil - 32 anos sendo apresentada ininterruptamente. Trabalhou em "Carrossel", fez cinema e é inesquecível como o peixinho do "Glub-Glub".

Cláudio Nucci é cantor, compositor, violonista e produtor musical. Fez parte do Boca Livre, que marcou os anos 90 da MPB. É autor de "Sapato Velho" e outros sucessos puxados por "Toada" - "Vem morena ouvir comigo essa cantiga/Sair por esta vida aventureira/Tanta toada eu trago na viola/Pra ver você mais feliz..."

Paulo Calasans é pianista e arranjador musical que acompanha Djavan de longa data e que no final de 2017 tocou junto com o parceiro e também o rei Roberto Carlos na festa de encerramento do ano da TV Globo.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

A Academia Jundiaiense de Letras Jurídicas atinge a maioridade

Por Lucinha Andrade Gomes

Shelly Simon & Rick Rici cantam no Maxi terça

O show será especial, dedicado ao Dia das Mães

Adhê Francisco, um pássaro livre

Ele foi um artista de múltiplas faces e dono de um sorriso fácil que se despediu aos 35 anos

Que lindo esse Trio em Transe no Carnaval do Clube Jundiaiense

Três gerações de foliões festejaram os 30 anos da banda e 75 do Azul e Branco, com bateria de arrepiar
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.